Sexta, 14 de dezembro de 2018
(94) 99153-9530
Política

01/12/2018 ás 10h14 - atualizada em 01/12/2018 ás 10h17

Moraes Filho

Xinguara / PA

Bancada evangélica abre guerra contra Bolsonaro
Grupo ameaça se rebelar contra o presidente eleito, caso não tenha cargos no na Esplanada
Bancada evangélica abre guerra contra Bolsonaro

A indicação do deputado Osmar Terra (MDB-RS) para o Ministério da Cidadania irritou a bancada evangélica na Câmara Federal, que ameaça se rebelar caso não tenha cargos na Esplanada. Formado por 180 deputados, o grupo foi consultado por Jair Bolsonaro sobre nomes para a nova pasta, mas acabou surpreendido com a escolha. “Quem é Osmar Terra comparado ao Magno Malta?”, questiona o pastor Silas Malafaia, que diz manter o apoio “intransigente” a Bolsonaro, porém, com liberdade para críticas. São informações da Coluna do Estadão desta sexta-feira (30/11).


Este já é o segundo nocaute no colegiado. O primeiro foi quando Bolsonaro indicou Ricardo Vélez Rodríguez para a Educação sem aguardar a sugestão dos evangélicos. A lista de “abandonados” inclui, além de Magno Malta, os deputados Fernando Francischini, Alberto Fraga (ambos da bancada da bala) e Pauderney Avelino. Os amigos brincam que eles entrarão na segunda fase.

FONTE: ESTADÃO CONTEÚDO/AGÊNCIA ESTADO

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados