Segunda, 21 de janeiro de 2019
(94) 99153-9530
Geral

12/01/2019 ás 15h32 - atualizada em 12/01/2019 ás 15h50

Moraes Filho

Xinguara / PA

Em velório de PM, governador destaca enfrentamento à criminalidade
O governador Helder Barbalho destacou a celeridade com que a polícia respondeu ao crime e confirmou que o governo estará ao lado da polícia no enfrentamento à criminalidade
Em velório de PM, governador destaca enfrentamento à criminalidade
(Foto: Thiago Gomes/Ag. Pará)

Na manhã deste sábado (12) foi velado e sepultado o corpo do Sargento da Polícia Militar Max Pedro da Silva Ferreira, de 48 anos. Ele tinha 24 anos de corporação e foi assassinado na última quinta-feira (11), no distrito de Mosqueiro. O PM deixou esposa e três filhos, um de 14, outro de 9 e o mais novo de 7 anos. O governador Helder Barbalho, o comandante geral da PM, Dilson Jr, o Secretário de Segurança Pública, Ualame Machado e o delegado-geral da polícia civil, Alberto Teixeira, estiveram presentes.


O PM foi assassinado por volta das 17h, no bairro do Carananduba. Segundo a corporação, os assaltantes queriam a arma do policial. Ele foi morto com vários tiros na cabeça e morreu na hora. Um dos responsáveis pelo crime morreu e o outro está foragido.


O Sargento Max nasceu em Mosqueiro e foi da turma de formação de oficiais do distrito. A tia do PM, Valmira Amador, de 54 anos, disse que a presença do governador demonstra o comprometimento dele com o povo do estado do Pará.


O governador Helder Barbalho destacou a celeridade com que a polícia respondeu ao crime e confirmou que o governo estará ao lado da polícia no enfrentamento à criminalidade e que a identificação dos envolvidos neste crime já é um resultado efetivo desse novo modelo de gestão da segurança pública.


O Secretário de Segurança Pública, Ualame Machado destacou a importância de todos os presentes. “Se o governador é presente, a equipe dele também têm que ser. Não só na última homenagem ao Sargento Max, mas também em todas as ações do Estado. A gente que estar perto da tropa, passando o recado e o que a gente quer falar para a população é que nós estamos trabalhando para reduzir esses índices”, disse.


O delegado-geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira, destacou algumas ações importantes como investimentos em inteligência e aumento do efetivo para que a criminalidade seja reduzida. Também já existe a previsão de concurso público para aumentar o efetivo.

FONTE: (Agência Pará)

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados