domingo, 25 de agosto de 2019
(94) 99153-9530
Esportes

29/01/2019 ás 08h42

Moraes Filho

Xinguara / PA

Ministério Público dá prazo e ameaça interditar o Mangueirão outra vez
Segundo o promotor Nilton Gurjão, laudos do estádio precisarão ser analisados até quarta-feira (30) para poder ter o jogo entre Remo e
Ministério Público dá prazo e ameaça interditar o Mangueirão outra vez
Após as avaliações técnicas, o Mangueirão será liberado parcialmente para os jogos do Parazão 2019 (Ary Souza / O Liberal)

Não há certeza sobre a realização do jogo Remo e Tapajós, a princípio, marcado para o próximo domingo, 3 de fevereiro. O promotor público, Nilton Gurjão, conversou com a Redação Integrada de O Liberal e foi enfático. "Se os laudos do Mangueirão não chegarem até quarta-feira (30), não tem jogo. Pode até ter jogo, mas com portão fechado".


O local da partida, o estádio Mangueirão, segue com pendências em, pelo menos, três laudos: da Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. O único laudo concluído é o de Vistoria de Engenharia, que foi feito em agosto de 2018, cuja vigência é até 2020. Os outros três laudos são renovados anualmente e não estão concluídos, há menos de uma semana do jogo, que já foi remarcado. A Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) é a responsável pela confecção dos laudos.



Nilton Gurjão (à direita) cobra resolução imediata do caso (Igor Mota / O Liberal)


Nilton assegurou que, nesse caso, o prejuízo do Remo seria incalculável. "Estamos cobrando os laudos. O prazo inicial era a entrega no dia 27. Estivemos aguardando durante o dia de hoje (28) e não chegou. Estava em uma reunião com o engenheiro e estipulamos o prazo de aguardar até quarta-feira, até para pode fazer vistoria in loco".


O jogo Remo e Tapajós seria realizado no dia 20 de janeiro, porém, parte do teto do reboco do estádio caiu e foi observado problemas estruturais. A reportagem entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Seel, que confirmou a não conclusão dos laudos.


Os laudos estão previstos no Estatuto do Torcedor e darão segurança sobre a utilização do estádio, sendo também analisados pelo Corpo de Bombeiros e Ministério Público Estadual. 


Até o momento, permanece mantido o último calendário divulgado pela Federação Paraense de Futebol, que detalha o jogo Remo e Tapajós para o próximo dia 3 de fevereiro, além do clássico Re-Pa para o dia 17 do mesmo mês.

FONTE: O LIBERAL

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados