domingo, 17 de novembro de 2019
(94) 99153-9530
Política

05/02/2019 ás 07h49 - atualizada em 05/02/2019 ás 08h26

Moraes Filho

Xinguara / PA

CANAÃ DOS CARAJÁS: Mais uma inexigibilidade em Canaã, desta vez o mau exemplo vem do SAAE
PDT e PHS parecem estar falando a mesma língua quando o assunto é driblar os princípios aplicáveis às licitações
CANAÃ DOS CARAJÁS: Mais uma inexigibilidade em Canaã, desta vez o mau exemplo vem do SAAE

Há tempos o Tribunal de contas dos Municípios (TCM) e Ministério Público (MP) vem tentando coibir esse tipo de prática imoral chamada inexigibilidade de licitação que, consiste em dar a bel prazer contratos geralmente superfaturados a empresas ou profissionais sem que esses precisem concorrer ao processo licitatório na modalidade concorrência. Com essa prática que só onera os cofres públicos, os gestores mal intencionados garantem suas negociatas escusas à custa do dinheiro do contribuinte.


A exemplo da câmara municipal que utilizou a mesma manobra ao contratar um escritório contábil pela bagatela de R$ 420.000,00 (quatrocentos e vinte mil reais) a autarquia SAAE- Sistema de Abastecimento de Água e Esgoto) publicou na mesma semana o extrato do contrato com um advogado no valor de R$ 324.00,00 (trezentos e vinte e quatro mil reais).


O mais curioso é que com tantos profissionais na cidade, Glaidston de Paiva Campos gestor da pasta foi buscar um velho conhecido no estado de Goiás. Tiago Rosa de Almeida, conhecido como Tiago Mais, é filiado ao Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) e foi candidato a deputado estadual nas eleições de outubro do ano passado, obtendo pouco mais de dois mil votos. O advogado de 37 anos é casado e reside na cidade de Quirinópolis-GO, mas ao que tudo indica estará desfazendo as malas em Canaã muito em breve.



Foto ilustrativa, apenas comprovando a candidatura do profissional


Enquanto isso, na câmara municipal os vereadores do PHS que comandam a pasta da autarquia, fazem seus discursos forçados se dizendo preocupados com o desemprego que assola a cidade prometida. No entanto, eles próprios buscam mão de obra de outro estado. Assim, fica difícil defender o indefensável.



Este veículo está aberto as partes citadas nesta matéria, a título de posicionamento sobre o caso em questão.

FONTE: FONTE: DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DE MORADORES DE CANAÃ

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados