Sexta, 23 de agosto de 2019
(94) 99153-9530
Geral

11/02/2019 ás 19h31 - atualizada em 11/02/2019 ás 19h53

Moraes Filho

Xinguara / PA

Helicóptero tentou pousar na rodovia e colidiu com caminhão, segundo PM
Além do piloto Ronaldo Quattrucci também morreu o jornalista Ricardo Boechat
Helicóptero tentou pousar na rodovia e colidiu com caminhão, segundo PM

Testemunhas do acidente que resultou na morte do jornalista Ricardo Boechat e do piloto Ronaldo Quattrucci, na tarde desta segunda-feira (11), disseram que o helicóptero tentou pousar na alça de acesso à rodovia Anhanguera, em São Paulo, mas acabou colidindo com um caminhão, que havia acabado de passar pelo pedágio. O motorista do caminhão teve apenas ferimentos leves.


"Preliminarmente, acredita-se que o caminhão estava em velocidade baixa, porque ele tinha acabado de passar pelo pedágio", disse o porta-voz da Polícia Militar, capitão Augusto Paiva. Segundo ele, o helicóptero era um serviço de táxi aéreo, e o piloto era o próprio dono da aeronave. 


                          


Aeronave que caiu por volta de meio-dia nesta segunda (11) em São Paulo /Radioactivity


VEJA TAMBÉM


Modelo do helicóptero que caiu registrou 21 acidentes nos últimos 10 anos


Helicóptero que caiu com Boechat estava em situação regular, diz Anac


FAB abre investigação sobre acidente que matou Ricardo Boechat


Que acontece se motor do helicóptero para? Piloto tem 2 segundos para agir


O acidente aconteceu logo abaixo do km 7 do viaduto do Rodoanel. "A aeronave tentou fazer um pouso nesse acesso de quem sai do Rodoanel e pega a Anhanguera, mas um caminhão, que havia acabado de passar o pedágio pelo Sem Parar, não teve tempo hábil de parar e colidiu", afirmou o policial.


Na queda, o helicóptero praticamente se partiu em dois pedaços e pegou fogo. As causas do acidente ainda são desconhecidas. Técnicos do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) foram ao local analisar os destroços. O helicóptero estava em situação regular junto à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), informou o órgão.


AERONAVE FOI PERDENDO ALTURA, DIZ TESTEMUNHA


Felipe Arcanjo, motorista que dirigia pela rodovia Anhanguera no momento em que o helicóptero caiu, contou à rádio BandNews que a aeronave foi perdendo altura e que ele havia imaginado que fosse um pouso. Com escoriações leves, ele foi levado para o 46º Distrito Policial, em Perus, para prestar depoimento sobre o acidente. 


"A aeronave foi perdendo altura e foi direcionando justamente para o espaçamento do Rodoanel, onde há aquela vazão da pista debaixo. Então, percebi que ele foi perdendo altura. Pensei que fosse um pouso. Como estava muito rápido, a gente percebeu que era uma queda. Rapidamente surgiu muita fumaça escura", disse.


Em entrevista ao UOL, Victor Hugo, 15, morador da região, contou ter presenciado o exato momento da queda. "O helicóptero não girava nem pegava fogo, veio direto e atingiu o caminhão. Me assustei e corri para ver o que estava acontecendo", relatou o jovem.


(Com reportagem de Gilvan Marques)

FONTE: Com informações da Folha de São Paulo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados