Quinta, 25 de abril de 2019
(94) 99153-9530
Política

13/02/2019 ás 16h02 - atualizada em 13/02/2019 ás 16h21

Moraes Filho

Xinguara / PA

Emater distribui mais de 100 mil mudas de açaí e cacau para agricultores
O objetivo é abastecer a implantação de sistemas agroflorestais (SAFs) e incentivar a multiplicação, por meio de viveiros comunitários.
Emater distribui mais de 100 mil mudas de açaí e cacau para agricultores
Centenas de agricultores, de 36 comunidades tradicionais, quilombolas e ribeirinhas de Inhangapi, no nordeste do Estado, receberam nesta segunda-feira (11), mudas de árvores frutíferas, entre elas de açaí. Foto: Nailana Thiely / Ascom Uepa

Centenas de agricultores, de 36 comunidades tradicionais, quilombolas e ribeirinhas de Inhangapi, no nordeste do Estado, receberam nesta segunda-feira (11), mudas de árvores frutíferas. As mudas e a distribuição são de cargo da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater). Ao todo 500 agricultores foram beneficiados.


Ao todo, foram distribuídas 90 mil mudas de açaí (chumbinho e BRS-Pará), 20 mil de cacau e 5 mil essências florestais diversas (andiroba, ipê, mogno, entre outras). Cada família recebeu cerca de 250 mudas. O objetivo é abastecer a implantação de sistemas agroflorestais (SAFs) e incentivar a multiplicação, por meio de viveiros comunitários.


As mudas foram preparadas pela Emater no Horto Municipal, em parceria com a Prefeitura de Inhangapi. As sementes de cacau vieram de Altamira, oeste paraense, com o apoio da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac).


Para o chefe do escritório local da Emater em Inhangapi, o técnico em agropecuária Luiz Augusto Goés, a inserção das mudas nos plantios “expande e qualifica a atividade, porque são mudas mais mais resistentes a pragas e doenças, o que repercute em muito mais produtividade e segurança”, explica.


Na última sexta-feira (8), os beneficiários assistiram a um ciclo de palestras sobre temas como combate ao barbeiro na cultura do açaí, certificação orgânica e mercado do açaí no Brasil e no mundo. O evento de capacitação contou com a presença de autoridades e da supervisora do escritório regional de Castanhal, Norma Iracema Rosa. 


Por Aline Miranda

FONTE: AGÊNCIA PARÁ

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados