domingo, 26 de maio de 2019
(94) 99153-9530
Política

13/03/2019 ás 08h41 - atualizada em 13/03/2019 ás 09h03

Moraes Filho

Xinguara / PA

Delegado que solucionou morte de Marielle e citou Bolsonaro será afastado
"Oficialmente, o motivo dado será que ele cumpriu sua missão", escreveu Jardim
Delegado que solucionou morte de Marielle e citou Bolsonaro será afastado

O jornalista Lauro Jardim revelou nesta manhã que o delegado Giniton Lages, responsável pela investigação da morte de Marielle Franco e Anderson Gomes, será afastado do caso pela Polícia Civil; "Oficialmente, o motivo dado será que ele cumpriu sua missão", escreveu Jardim; Lages desagradou profundamente o bolsonarismo ao citar o presidente da República e sua família na entrevista coletiva sobre a prisão dos assassinos no final da manhã desta terça-feira.


247 - O jornalista Lauro Jardim revelou em sua coluna no jornal O Globo na manhã desta quarta-feira (13) que o delegado Giniton Lages, responsável pela investigação da morte de Marielle Franco e Anderson Gomes, será afastado do caso pela Polícia Civil. "Oficialmente, o motivo dado será que ele cumpriu sua missão", escreveu Jardim. Lages desagradou profundamente o bolsonarismo ao citar o presidente da República e sua família na entrevista coletiva sobre a prisão dos assassinos no final da manhã desta terça-feira.


O desconforto de Bolsonaro com a solução do crime ficou patente em uma rápida conversa com jornalistas na tarde desta terça: 











Vídeo incorporado









Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro







 

 









5.781 pessoas estão falando sobre isso








O chefe 


O chefe da Polícia Civil, delegado Marcus Vinícius Braga, indicará na semana que vem o encarregado da segunda etapa da investigação, centrada em descobrir quem mandou matar a vereadora e o motorista -informou Jardim em sua nota.


A citação a Bolsonaro foi bombástica e teve alto impacto ao ser manchete do Brasil 247 no início da tarde desta terça. Leia o relato da reportagem:


Apareceu o primeiro vínculo concreto entre a família de Jair Bolsonaro e a de Ronnie Lessa: um dos filhos de Bolsonaro namorou a filha de Lessa. O fato foi confirmado pelo delegado responsável pela Divisão de Homicídios da capital fluminense, Giniton Lages, durante a entrevista coletiva sobre a prisão de Lessa e do outro assassino, o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz. Bolsonaro e Lessa moram no mesmo condomínio na Barra da Tijuca, no Rio. Com os filhos namorando, que tipo de relação estabeleceu-se entre as duas famílias?


Num trecho quase inaudível da entrevista, um repórter não identificado pergunta: "Está confirmado que o filho mais novo de Bolsonaro namorou ou namora a filha de Ronie Lessa?". Lages responde: "Está confirmado, mas isso não é objeto de investigação neste momento". Em seguida, afirma: "Mas poderá ser mais pra frente". Neste momento, Lages foi interrompido por alguém que não foi possível identificar na transmissão e o assunto desaparece da agenda.


O filho mais jovem de Bolsonaro é Jair Renan Bolsonaro,de 20 anos, mas o nome dele não foi mencionado na pergunta nem na resposta.


Ao comentar nesta terça-feira (12) a prisão de investigados pela morte da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, o presidente Jair Bolsonaro disse esperar que as investigações cheguem ao mandante do crime. Veja entrevista no link abaixo


https://globoplay.globo.com/v/7449947/

FONTE: BRASIL 247

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados