Quinta, 25 de abril de 2019
(94) 99153-9530
Política

18/03/2019 ás 07h50

Moraes Filho

Xinguara / PA

Em 42 dias, Petrobras aumentou 21,53% preço da gasolina, diz Sindicombustíveis
O Sindicombustíveis divulgou um gráfico que mostra o aumento do preço desde o início de fevereiro até agora
Em 42 dias, Petrobras aumentou 21,53% preço da gasolina, diz Sindicombustíveis

A Petrobras anunciou na segunda-feira passada (11) que elevaria a partir de terça (12), o preço médio da gasolina nas refinarias em 1,01%. Com isso, o valor do litro da gasolina passou de R$ 1,5079 para R$ 1,5232.


Mas segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Pará (Sindicombustíveis-PA), os aumentos do preço da gasolina não são divulgados como deveriam e a culpa acaba sempre ficando com o revendedor.


O Sindicombustíveis divulgou um gráfico que mostra o aumento do preço desde o início de fevereiro até hoje.


O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Distrito Federal (Sindicombustíveis-DF), Paulo Tavares, já havia responsabilizado a política adotada atualmente pela Petrobras, que segue a variação do dólar, pela grande variação de preços encontrada pelo consumidor nos postos.


De acordo com ele, Tavares afirmou que essa política é a principal responsável pelo aumento ou queda nos preços. “É uma junção de fatores. Devemos levar em conta a política da Petrobrás e o dólar. Hoje, com a queda do dólar, o preço do combustível caiu. Houve realmente uma queda expressiva”, disse.

FONTE: (Com informações do Correio Braziliense)

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados