Quinta, 25 de abril de 2019
(94) 99153-9530
Política

06/04/2019 ás 05h59

Moraes Filho

Xinguara / PA

Portos do Pará são leiloados por R$ 450 milhões
Cinco áreas estão no Porto de Miramar, no porto organizado de Belém, e uma sexta fica no porto de Vila do Conde, em Barcarena. Com a medida, a população deve encontrar preços menores nos postos e ficar livre de ameaça de falta de combustível.
Portos do Pará são leiloados por R$ 450 milhões
Cinco áreas no Porto de Belém e uma na Vila do Conde, em Barcarena, foram leiloadas. — Foto: Reprodução / Companhia Docas do Pará

Seis portos paraenses foram arrendados pela iniciativa privada nesta sexta-feira (5) em um leilão na B3, Bolsa de Valores de São Paulo. A iniciativa arrecadou R$ 450 milhões e prevê um investimento de mais de R$ 420 milhões nos seis terminais que ficam em Belém e na Vila do Conde, em Barcarena, uma das maiores áreas industriais do Estado.


De acordo com o Ministro de Infraestrutura do Brasil, Tarcísio Gomes de Freitas, o resultado do leilão de arrendamento dos seis terminais paraense foi “sensacional”. O prazo dos contratos varia de 15 a 25 anos, podendo ser renovados até um limite de 70 anos.


Os terminais movimentam grande volume de líquidos, principalmente combustíveis. No Pará, a expectativa é que a partir do momento em que Estado tenha maior capacidade de armazenamento, supere a ameaça de falta de combustível, que normalmente, provoca o aumento nos preços ao consumidor paraense.


Eduardo Carvalho, especialista em navegação e logística portuária, acha que o Porto da Vila do Conde deve, agora, colocar o Pará numa nova posição estratégica para a distribuição de combustíveis no país.


"Porque navios com 75 mil toneladas davam para garantir tranquilamente o abastecimento”, informa o especialista. Além disso colocaria o Pará na rota de importação dos combustíveis dos país produtores localizados no entorno da região.


Segundo o Governo do Estado, o novo cenário promete aumentar a competitividade entre os postos de combustíveis, o que na prática, representa preços menores para encher o tanque dos paraenses.


“As áreas de portos paraenses são absolutamente viáveis e vocacionadas para se consolidar como estratégicas para o desenvolvimento do Pará e do arco Norte brasileiro”, considera o Governador, Helder Barbalho.


Porto Organizado de Belém


Bel 02A:


Área com 46.627 m2 e potencial de 41,872 toneladas de armazenamento.


Previsão: Investimento previsto de R$ 48,3milhões, em 15 anos de arrendamento.


Arrematado pelo Consórcio Latitude, com o lance de R$ 40 milhões


Bel 02B:


Área com 43.240 m2 e potencial de 28.272 toneladas de armazenamento.


Previsão: Investimento previsto de R$ 27,4 milhões em 15 anos de arrendamento.


Arrematado pelo Petróleo Sabbá que ofereceu valor de outorga de pouco mais de R$ 60 milhões.


Bel 04:


Área de 26.200 m2 e potencial de 18.200 toneladas de armazenamento.


Previsão: Investimentos de R$ 11,6 milhões em 15 anos de arrendamento.


Arrematado pelo Grupo Ipiranga por R$ 87,121 milhões.


Bel 08:


Área de 50.700 m2 e potencial de 49.821 toneladas de armazenamento.


Previsão: Investimento previsto de R$ 89 milhões em 20 anos de arrendamento.


Arrematado pela Petrobras Distribuidora que ofereceu pouco mais de R$ 50 milhões.


Bel 09:


Área de 37.600 m2 e potencial de 13.997 toneladas de armazenamento.


Previsão: Investimentos de R$ 128 milhões em 20 anos de arrendamento.


Arrematado pela Transpetro que ofereceu R$ 30,2 milhões de outorga.


Porto de Vila do Conde


VDC12:


Área de 47.000 m2 e potencial de 4 milhões de toneladas de armazenamento.


Previsão: Investimentos de R$ 126,3 milhões em 25 anos de arrendamento.


Arrematado pela Terminal Químico de Aratu (Tequimar) com uma lance de R$ 180,5 milhões.

FONTE: Por G1 PA — Belém

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados