domingo, 21 de julho de 2019
(94) 99153-9530
Colunistas

08/04/2019 ás 09h57 - atualizada em 08/04/2019 ás 10h29

Moraes Filho

Xinguara / PA

EM 08 DE ABRIL - RAPIDINHAS DA POLITICA
FIQUE POR DENTRO
EM 08 DE ABRIL - RAPIDINHAS DA POLITICA

Convite.


É forte a especulação de que o vereador Roberto vai se filiar no PSDB, e nesse sentido já teria recebido a proposta de filiação. O edil diz apenas que o convite foi feito, mas ainda nada há de concreto


Candidatura


E por falar em Roberto, o mesmo garante que será candidato a prefeito em 2020. A decisão ganhou força após pesquisa feita por um instituto de renome, cujo resultado foi bastante favorável a Roberto.


                                             


                        Vereador Roberto Yamaha


Água Azul


Por lá, também começaram as articulações políticas para o pleito 2020. O pré-candidato Vandin que obteve mais de 30% dos votos em 2016, começa a articular seu grupo e buscar orientações de profissionais de marketing.  Um dos encontros teria sido com a ex-prefeita Cátia Patrícia (PSB).


A verdade


Rolou em grupos de WhatsApp um notícia falsa sobre o assunto de transferência de contas dos servidores do município para o BanPará a pedido do governador. Vamos esclarecer, porque mentira tem perna curta.


A verdade II


O prefeito Osvaldinho Assunção foi pedir um patrocínio ao governador Helder, para ajudar na estrutura e shows para o Pontão2019, porém ele disse; “só posso dar este apoio através de uma troca das contas dos servidores e da prefeitura para o BanPará. Preciso fortalecer o banco Estadual.”


A verdade III


O prefeito disse; “Governador, precisamos muito deste patrocínio, porém sobre a troca de agência bancária de recebimento dos servidores, não posso tomar essa decisão sem ouvi-los.” E ficou assim, nem o prefeito conseguiu o patrocínio, nem o governador teve a palavra de que os servidores mudassem suas contas para o BanPará.


                        


                                  Feira Municipal de Xinguara


À Feira


Em Marabá fontes politicas disseram à coluna que o candidato Amarildo Paulino (MDB) entrou na audiência [com Helder], junto com o prefeito Osvaldinho, secretários e presidentes de associações e na única oportunidade que teve abriu a boca disse; “governador a única coisa que quero ver se tem como resolver é sobre à feira. Prometi a reforma e até hoje não paguei a promessa.”


À feira II.


Por sinal que o tal convenio oriundo de emenda do então deputado estadual Junior Ferrari, bem que saiu, porém, a obra só começou e parou, todavia ninguém teve a coragem de falar a verdade sobre a paralização dos trabalhos de reforma na feira municipal.


                         


São Geraldo


O atual presidente do sindicato rural, que já participou dos três últimos governo, bem que tentou emplacar como o dono da mudança naquele município, mas, o povo conhece e sabe que ele esteve com Jorge Barros, Manelão e Edilson da Emater e agora quer dar uma de bom samaritano


Delegado Caveira.


O deputado Estadual Caveira (PP), vai destinar suas emendas primeiramente aos municípios da PA279 (Xinguara, Água Azul, Ourilândia, Tucumã e São Félix do Xingu), a intenção do deputado é que cada um dos municípios recebam uma motoniveladora (patrol).


Tucumã em ação


Na cidade de Tucumã os grupos se articulam pela sucessão do prefeito Adelar Pelegrini, e neste momento sete nomes estão em campanha. Savanas, Chico do Azougue, César Mendonça, Carlinhos Contijo, Alex Serqueira e Junior Bezerra.


Tucumã – Sem apoio


Enquanto os grupos da base aliada se organizam, a oposição também marcha em direção à sucessão, mais pelo que se observa o grupo oposicionista só tem mesmo o nome de Celso Lopes Cardoso.  Enquanto isso o prefeito Adelar, assiste tudo de camarote e sem mencionar apoio a ninguém.


Tudo é possível


O Secretário de Educação, Vilmones da Silva (PSC), foi visto em Marabá e está sendo visto em diversos lugares acompanhado do prefeito Osvaldinho Assunção. A grande pergunta é: Nessas oportunidades, o secretario e o gestor estaria trocando ideias como gestores, para que o cajado seja repassado ao secretário?


                        


Coisa de político


Rolou nas redes sociais comentários de que o deputado Wenderson Azevedo Chamon (MDB), teria dito a pessoas mais próximas que estava propenso a deixar a base de apoio a Helder. Chegou-se a dizer que por essa decisão, o deputado, havia proibido a divulgação de qualquer menção à estada do governo itinerante na região.


Coisa de político II


Mais tarde à um blog da região, o deputado Chamonzinho desmentiu o que classificou como boato. “Não sei de onde saiu isso. Não há essa história de rompimento. Tudo não passa de boato”, reforçou. Enquanto isso, Helder entrou ao vivo no programa jornalístico da TV Correio, repetidora do SBT em Marabá do Grupo Correio, de Chamonzinho.

FONTE: DA REDAÇÃO

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
MORAES FILHO

MORAES FILHO

Blog/coluna comentarista político
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados