Quinta, 25 de abril de 2019
(94) 99153-9530
Política

09/04/2019 ás 09h32 - atualizada em 09/04/2019 ás 09h40

Moraes Filho

Xinguara / PA

Confúcio Moura apoia marcha de prefeitos e defende aumento de repasses para municípios
— A coisa não está certa, a distribuição da riqueza, a concentração aqui em Brasília, a mentira, a falsidade, a enganação, não só desse governo, mas de todos os governos brasileiros — não sei de que data é — que ficam enrolando os prefeitos e governadores, criando desvinculação de receitas, guardando o dinheiro que podia ser distribuído para os prefeitos e governadores do Brasil — disse Confúcio.
Confúcio Moura apoia marcha de prefeitos e defende aumento de repasses para municípios
Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa. Em discurso, à tribuna, senador Confúcio Moura (MDB-RO). Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) destacou nesta segunda-feira (8), em Plenário, a realização da 22ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O evento conta com a participação de prefeitos de todas as regiões do país. Para o parlamentar, é preciso resolver a questão federativa, estabelecendo-se maior equilíbrio na distribuição de recursos públicos entre a União, os estados e os municípios.


Confúcio sublinhou que a maior parte dos recursos arrecadados com a cobrança de tributos fica concentrada nos cofres da União, sufocando financeiramente os munícios, o que dificulta a prestação de serviços para a população por parte das prefeituras.


— A coisa não está certa, a distribuição da riqueza, a concentração aqui em Brasília, a mentira, a falsidade, a enganação, não só desse governo, mas de todos os governos brasileiros — não sei de que data é — que ficam enrolando os prefeitos e governadores, criando desvinculação de receitas, guardando o dinheiro que podia ser distribuído para os prefeitos e governadores do Brasil — disse Confúcio.


Reforma agrária


O senador criticou ainda o governo federal por paralisar a reforma agrária no país. Para ele, a ação pode piorar a questão fundiária. Ele defendeu a regularização de terras urbanas e rurais para estimular a produção, gerar emprego, aumentar o produto interno bruto (PIB) e também reduzir a violência, especialmente no campo.

FONTE: SENADO NOTICIAS

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados