domingo, 24 de junho de 201824/6/2018
(94) 99153-9530
Ensolarado
20º
27º
32º
Xinguara - PA
Erro ao processar!
Auto Posto Conquista
POLÍTICA
Mesmo condenado, Lula é preferido de 33%, revela pesquisa
92,3% dos eleitores brasileiros não votariam em Michel Temer para presidente e 50% deram nota zero para sua administração.
Moraes Filho Xinguara - PA
Postada em 11/02/2018 ás 01h35 - atualizada em 16/02/2018 ás 16h54
Mesmo condenado, Lula é preferido de 33%, revela pesquisa

O líder do Partido dos Trabalhadores, segue tendo a confiança de 33% dos brasileiros

Mesmo condenado em segunda instância pelo TRF4, a 12 anos e 1 mês de prisão, o ex-presidente Lula é o preferido entre os candidatos à presidência por 33% dos brasileiros. É o que aponta uma pesquisa realizada pela empresa #Pesquisa365 e divulgada nesta sexta-feira 9 pelo jornal Gazeta do Povo, do Paraná.


Em votação espontânea, o ex-presidente segue à frente na corrida presidencial, com 22% dos votos. O deputado Jair Bolsonaro (PSC) aparece em segundo, com 12,4%. Bem abaixo estão Ciro Gomes (PDT), com 4,1% e, em quarto lugar, Marina Silva (Rede), com 2,6%. Ela é seguida de perto, em empate técnico, por Geraldo Alckmin (PSDB), com 2,5% das intenções de voto.


Se preferir confira o resultado aqui>> #PESQUISA365 - Informações Inteligentes


A pesquisa deixou claro aos eleitores que Lula talvez não possa concorrer, por conta de sua condenação na Lava Jato. Mas perguntou, caso o petista pudesse disputar, se votariam nele: 32,9% responderam que sim. Outros 37,1% dos entrevistados escolheriam ouro nome e 21,5% votariam nulo ou em branco nesse caso.


 A pesquisa entrevistou 2.000 eleitores de 85 cidades, nos 27 estados do país, entre os dias 2 e 7 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2%, para mais ou para menos, com grau de confiabilidade de 95%.



FONTE: PARANÁ 247
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados