Terça, 21 de maio de 2019
(94) 99153-9530
Geral

27/04/2019 ás 21h23

Moraes Filho

Xinguara / PA

Paulo Guedes quer quebrar o monopólio da Petrobras, e derrubar preço do gás pela metade
“A ideia de você levar o gás para as famílias brasileira, pela metade do preço e você reindustrializar o gás em cima da energia barata é algo extremamente atraente para todos nós”, declarou.
Paulo Guedes quer quebrar o monopólio da Petrobras, e derrubar preço do gás pela metade
Ministro Paulo Guedes. Foto: A Semana News

O ministro Pauo Guedes votou a dizer que o governo não pensa em privatizar a Petrobras. “Não tem privatização agora da Petrobras. Não foi isto o que o presidente falou. Ele falou que pela primeira vez está considerando”. Segundo o ministro, o governo quer quebrar o que ele chama de monopólio duplo, no refino, na produção de gás e nas distribuidoras estatais.


“A Petrobras é uma grande empresa brasileira. Ela foi ocupada por gente que distorceu as suas funções naturais. O que nós vamos fazer é devolver a Petrobras a sua atividade cor, que é justamente a exploração do petróleo. O resto, inclusive os monopólios, nós queremos tirar”.


Guedes disse que vem conversando com governadores para o que chama de choque de energia barata. Este choque tem um prazo máximo de 60 dias para ser implementado, através de medidas normativas. O ministro revelou que os governadores de Rio de Janeiro e Espírito Santo já aderiram à ideia e que, no momento, mantém conversas com os governadores de Minas Gerais e São Paulo.


“A ideia de você levar o gás para as famílias brasileira, pela metade do preço e você reindustrializar o gás em cima da energia barata é algo extremamente atraente para todos nós”, declarou.


 

FONTE: Fonte: Agencia Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados