Segunda, 23 de setembro de 2019
(94) 99153-9530
Cidades

20/05/2019 ás 08h25 - atualizada em 20/05/2019 ás 08h56

Moraes Filho

Xinguara / PA

Cerca de mil famílias de Tucumã podem ter desconto nas contas de energia, garante Celpa
Clientes de baixa renda que possuem o NIS, devem procurar a agência de atendimento da concessionária para solicitar sua inclusão no Programa Tarifa Social.
Cerca de mil famílias de Tucumã podem ter desconto nas contas de energia, garante Celpa
Na foto: Ex-prefeito de São Félix, João Cleber, Alvaro Bressan (Celpa), Adelar Pelegini (Prefeito de Tucumã) e e vereador Batista Abreu (São Félix)

Levantamento feito pela Celpa, com dados do Ministério do Desenvolvimento Social, foi constatado que existem cerca de 1.000 mil famílias em Tucumã que podem ter descontos na conta de energia. O estudo foi feito com base no número de famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) cujo perfil social atende aos critérios para concessão do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede descontos de até 65% na conta de luz de famílias categorizadas como baixa renda.


Segundo o prefeito Adelar Pelegrini que esteve pessoalmente no escritório da Rede Celpa em Belémcom o diretor de projetos especiais Álvaro Bressan, o alerta da concessionária é para que esses clientes, que possuem o NIS, procurem a agência de atendimento da concessionária para solicitar sua inclusão no Programa Tarifa Social.


O CadÚnico é um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de baixa renda. Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas.


Após o cadastramento a família adquire o Número de Inscrição Social (NIS), de caráter único, pessoal e intransferível, através do qual pode participar de diversos programas sociais, como Programa Bolsa Família, Carteira do Idoso e o Tarifa Social, entre outros.


Famílias com renda mensal de até três salários mínimos, também podem ser beneficiadas, desde que tenham entre os membros da família pessoa em tratamento de saúde domiciliar que requeira uso contínuo de equipamentos hospitalares, os quais consumam energia elétrica.


Para este caso, é necessário apresentar laudo médico certificando a situação de saúde e a previsão do período de uso do aparelho. Laudo médico homologado por médico do Sistema Único de Saúde (SUS).


por Roney Braga Wydiamaior

FONTE: ASCOM/PMT

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados