Segunda, 16 de setembro de 2019
(94) 99153-9530
Política

09/09/2019 ás 10h00 - atualizada em 09/09/2019 ás 10h34

Moraes Filho

Xinguara / PA

Jornalista alvo de ameaças tem apoio da ABI com pedido de proteção
No último dia 5, Piran publicou uma reportagem revelando a intenção de produtores rurais de realizar um “dia do fogo”, o que, de fato, aconteceu...
Jornalista alvo de ameaças tem apoio da ABI com pedido de proteção
Adécio Piran tem escolta policial 24 horas por dia após denunciar o Dia do Fogo em Novo Progresso, no Pará - Divulgação/arquivo pessoal

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) enviou uma carta ao governador do Pará, Helder Barbalho, com um apelo de proteção ao jornalista Adécio Piran, neste domingo. Piran é autor de reportagem que revelou a organização do chamado “Dia do Fogo” por produtores rurais da região de Novo Progresso, a 1,6 mil quilômetros de Belém.


No último dia 5, Piran publicou uma reportagem revelando a intenção de produtores rurais de realizar um “dia do fogo”, o que, de fato, aconteceu no dia 10, segundo registro do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe).


Nesse dia foram verificados 124 episódios de queimadas, um recorde de ocorrências até então. No dia seguinte, 11 de agosto, o número de focos saltou para 203.


De acordo com a ABI, Piran vem sofrendo ameaças e é alvo de panfletos apócrifos com ofensas graves, além de ataques por mensagens de WhatsApp.


SEGUE APÓS A MÍDIA



O Ministério Público Federal (MPF) abriu quatro investigações para apurar as causas do aumento do desmatamento e das queimadas na região amazônica . Os inquéritos investigam a redução das fiscalizações ambientais na região e um anúncio publicado em um jornal do interior do Pará convocando fazendeiros a promoverem o “Dia do Fogo”.


A abertura das investigações foi divulgada em meio à crise no governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) causada pelo aumento dos índices de desmatamento e de queimadas neste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.


Em relação ao desmatamento, dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam o número de alertas de desmatamento aumentaram 278% em junho de 2019 em comparação com o mesmo mês em 2018.


Ainda segundo o Inpe, o crescimento no número de queimadas foi ainda maior: 84% de um ano para o outro.


Por Hiroshi Bogea


VEJA OUTRAS INFORMAÇÕES - Ameaçado, jornalista que denunciou 'Dia do Fogo' no Pará diz ter medo de morrer - 04/09/2019 - Poder - Folha

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados