Quinta, 17 de outubro de 2019
(94) 99153-9530
Política

28/09/2019 ás 09h19 - atualizada em 28/09/2019 ás 09h29

Moraes Filho

Xinguara / PA

Montagem atribui falsamente a ‘Lulinha’ jatinho, iate e até carro de videogame
Apenas quatorze pessoas têm a aeronave no Brasil, e não há indícios de que o filho do ex-presidente seja dono de uma delas; iate é de empresário britânico e veículo não é comercializado
Montagem atribui falsamente a ‘Lulinha’ jatinho, iate e até carro de videogame
O empresário Fábio Luís Lula da Silva, o “Lulinha”, filho do ex-presidente Lula, no desfile das escolas de Samba no Rio de Janeiro. Foto: Paulo Giandalia / AE

Uma montagem acusa o filho do ex-presidente Lula, Fábio Luís Lula da Silva, o “Lulinha”, de ser o dono de um jatinho, um iate e até um carro de luxo que faz parte de um jogo de videogame. Os bens pertencem a outras pessoas e não há evidências do envolvimento do brasileiro com os itens luxuosos.


Por meio de busca reversa de imagens, o Estadão Verifica constatou que as três fotos usadas na montagem que acusa Lulinha foram publicadas no perfil @theyachtmogul no dia 11 de setembro. A conta é destinada apenas a mostrar artigos e bens de luxo.


A imagem do jatinho, na verdade, estava invertida (de trás para frente), e a original faz parte de uma montagem feita pelo fotógrafo russo Ilya Nodia, em Las Vegas (EUA), para ação promocional da loja de carros de luxo Lusso. A aeronave foi inserida digitalmente na foto pelo artista de computação gráfica Aleksandr Lyan. O processo de criação da montagem foi descrita por Nodia em seu perfil no Instagram no dia 9 de julho do ano passado. Assista abaixo:


A partir da imagem em alta resolução no site de Nodia é possível notar que a aeronave é um Bombardier Global 6000, considerado um dos cinco jatinhos mais caros do mundo e avaliado em cerca de US$ 62,3 milhões. Atualmente, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) tem registro de 14 jatinhos deste modelo no Brasil, e não há evidência de que um deles pertença a Lulinha.


Alguns donos de Bombardier Global 6000 no Brasil incluem o Bank of America, a Vale, a Credit Suisse e até a Igreja Universal do Reino de Deus.



Iate. A imagem do iate também estava invertida, e a original é encontrada no site do Marine Traffic, que acompanha via GPS a localização em tempo real de navios e embarcações pelo mundo. O modelo em questão é o Ability, da italiana Baglietto. A foto utilizada na montagem foi clicada pelo fotógrafo Ernst-Gert Schmidt no dia 20 de junho do ano passado na ilha grega de Spetses.



A embarcação atualmente está ancorada na marina Flisvos, a cerca de oito quilômetros de Atenas. Blogs e sites voltados para o comércio de iates apontam que o atual dono do Ability é o empresário britânico Andreas Panayiotou, magnata do ramo hoteleiro e fundador do Ability Group, grupo do setor imobiliário.


Carro de luxo. A terceira e última imagem retrata um carro que nem sequer é comercializado. O modelo é o Bugatti VGT, criado para o game Gran Turismo. A foto, na verdade, é uma fan art feita pelo usuário @rogholmesPNE1880 e publicada no site do jogo.


O Bugatti VGT é um carro conceito feito especialmente para o Gran Turismo, e apenas um exemplar do veículo existe. Ele pertence ao empresário americano Hezy Shaked.


SEGUE APÓS A MÍDIA



Caminho da verificação. Para verificar esta montagem, o Estadão Verifica utilizou o Google Imagens, ferramenta de busca reversa de imagens do Google, além de desinverter as fotos do jatinho e do iate para suas versões originais por meio de softwares de edição.


A reportagem também consultou o banco de dados da Anac para localizar os proprietários brasileiros da Bombardier Global 6000 e acessou os sites do Marine Traffic e do Gran Turismo para identificar os modelos de iate e carro de luxo citados pelo boato.


Este conteúdo foi sinalizado para verificação a partir da parceria entre o Estadão Verifica e o Facebook. A Agência Lupa e o AosFatos também desmentiram este boato. Para sugerir verificações, envie uma mensagem para (11) 99263-7900.


Paulo Roberto Netto/ESTADÃO CONTEÚDO

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados