Quinta, 17 de outubro de 2019
(94) 99153-9530
Política

04/10/2019 ás 00h11 - atualizada em 04/10/2019 ás 00h42

Moraes Filho

Xinguara / PA

São Félix do Xingu: Servidores da saúde são demitidos e vão as ruas pedir a saída do secretário da pasta.(veja os Vídeos)
A decisão foi parar no Ministério Público, uma vez que os servidores alegam estar com dois meses de atraso em seus vencimentos.
São Félix do Xingu: Servidores da saúde são demitidos e vão as ruas pedir a saída do secretário da pasta.(veja os Vídeos)
Servidores enfrente a unidade hospitalar após o ato de demissão

Dezenas de vídeos circulam nas redes sociais do município de São Félix do Xingu, sul do Pará, dando conta da demissão, praticamente em massa de servidores da saúde. Por não concordarem com o ato da prefeita Minervina Barros e seu secretário, os servidores ganharam as ruas da cidade em manifestação com direito a buzinaço pedindo a saída do secretário de Saúde, Ireno Pereira.


As informações são de que a decisão afetou até mesmo aqueles servidores com mais de 15 anos de profissão. “Meu sobrinho nasceu agora, não tem UTI e está no balão de oxigênio, vai morrer”, diz uma senhora desesperada durante a filmagem que fez dos funcionários do lado de fora do Hospital Municipal Orzeu Jonas Guida. 


A situação movimentou o sindicato da categoria, e por não aceitarem as condições impostas pela decisão, o ato da prefeita foi parar no Ministério Público. “Como vocês estão demitindo os trabalhadores se nem conseguem pagar os meses atrasados?”, questionou uma das servidoras ao secretário de saúde, Ireno Pereira.


As informações preliminares são de que as demissões ocorreram como medida de contenção de despesas. Alguns servidores efeitivos foram apenas remanejados.“Ficou uma técnica de enfermagem para cuidar dos pacientes, tem cinco técnicos diários e estão deixando somente dois. As mulheres da limpeza tão deixando somente uma por dia”, diz uma das gravações.


Os responsáveis pela negociação propuseram, em nome da gestão o pagamento imediato de todos servidores temporários. Mas as demais situações parecem não ter sido aceita, por que em um dos vídeos o secretário de saúde abandona as negociações e sai vaiado pelos servidores.


SEGUE APÓS A MÍDIA



PANELAÇO


Em junho deste ano, a gestão municipal  foi alvo novamente de protestos por servidores da saúde, que inconformados com os salários atrasados, pediram a saída do secretário.


Naquela data se falou até em panelaço enfrente a casa da prefeita Minervina, mas parece que nada disso adiantou pois os atos praticados continuam os mesmos, segundo os servidores.


Diante do caos, que mais uma vez se repete na gestão municipal, o sindicato da categoria emitiu uma nota de repúdio.


VEJA A ÍNTEGRA DA NOTA!



Por anos a classe trabalhadora da saúde de São Félix do Xingu-PA vem sendo massacrada pelos gestores do município. Servidores que se doam, entre salários atrasados, falta de medicamentos, insumos entre outras dificuldades, para manter o atendimento aos populares e cumprirem com seu juramento de salvar vidas. Sofrem hoje com uma atitude retrógrada da atual administração, que jurava no palanque que mudaria a cara da saúde e dos trabalhadores. Com a intenção de realizar readequações no quadro efetivo da secretaria vários servidores foram desligados da Maternidade e do hospital, contratados foram demitidos sem ao menos uma justificativa e com salários atrasados, isso pode implicar diretamente no atendimento da população e na jornada excessiva de trabalho para os servidores, a sociedade não pode aceitar um retrocesso tão grande na saúde, que já é tão precária.


Até o fechamento desta edição o Jornal não avia conseguido contato com o secretário de Saúde para versão sobre os fatos. Mais, fica aberto espaço para que a gestão municipal possa fazer esclarecimentos sobre o ocorrido nesta quinta-feira.





FONTE: Moraes Filho da Redação

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados