Segunda, 24 de fevereiro de 2020
(94) 99153-9530
Polícia

08/02/2020 ás 10h34 - atualizada em 08/02/2020 ás 10h47

Moraes Filho

Xinguara / PA

"MPF critica projeto de Bolsonaro que permite mineração em terra indígena
O texto também ressalta que, em contexto de alta transgressão dos direitos indígenas no Brasil
Povos Tupinambá e Pataxó marcharam para pedir a demarcação de terras indígenas / Crédito: Tiago Miotto / Cimi

Em nota pública divulgada nesta sexta-feira (7), a Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal manifestou preocupação com as possíveis consequências do projeto de lei do executivo que regulamenta pequisa e lavra de recursos minerais em terras indígenas, além do aproveitamento de recursos hídricos para geração de energia elétrica. A Câmara alerta que a aprovação do projeto pode levar à “destruição de importantes áreas hoje ambientalmente protegidas, assim como a desestruturação ou desaparecimento físico de diversos povos indígenas, especialmente aqueles localizados na região Amazônica”. O texto também ressalta que, em contexto de alta transgressão dos direitos indígenas no Brasil, há o risco de se legitimar ações de violação a direitos previstos na Constituição. “A incapacidade de fiscalização do Estado não pode ser legitimada pelo discurso do governo federal de legalização dessa atividade e a de outras atividades econômicas”, diz a nota pública. As informações foram divulgadas no site do MPF


MPF - Ministério Público Federal


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados