Segunda, 25 de junho de 201825/6/2018
(94) 99153-9530
Céu limpo
20º
20º
32º
Xinguara - PA
Erro ao processar!
Auto Posto Conquista
BRASIL
DEPUTADO WADIH DAMOUS (PT): SE FOR PARA OS EUA, MORO VOLTARÁ PARA CASA
Damous também comentou a disparada na rejeição a Moro e diz que a população percebeu que ele
Moraes Filho Xinguara - PA
Postada em 05/03/2018 ás 23h23 - atualizada em 05/03/2018 ás 23h32
DEPUTADO WADIH DAMOUS (PT): SE FOR PARA OS EUA, MORO VOLTARÁ PARA CASA

O deputado diz ainda que Moro é responsável por pelo menos 40% da alta do desemprego no Brasil

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) comentou a notícia de que o juiz Sergio Moro pediu demissão da Universidade Federal do Paraná e cogita se mudar para os Estados Unidos; "se isso se confirmar, ele será recebido com tapete vermelho na CIA, no FBI e nas petroleiras, deixando um rastro de desemprego e de destruição econômica no Brasil", afirma; Damous também comentou a disparada na rejeição a Moro e diz que a população percebeu que ele "usou a justiça para fazer perseguição político-partidária"


Rio 247 – O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) comentou a notícia de que o juiz Sergio Moro pediu demissão da Universidade Federal do Paraná e cogita se mudar para os Estados Unidos para estudar em alguma universidade americana (leia mais aqui). "Se isso se confirmar, ele será recebido com tapete vermelho na CIA, no FBI e nas petroleiras, deixando um rastro de desemprego e de destruição econômica no Brasil", afirma


O deputado diz ainda que Moro é responsável por pelo menos 40% da alta do desemprego no Brasil,  que foi de 5,2% em 2014, último ano em que a presidente legítima e honesta Dilma Rousseff conseguiu governar, para 13% em 2018, na gestão de Michel Temer, que acaba de ter seu sigilo bancário quebrado em mais um escândalo de corrupção. "Este senhor promoveu um golpe de estado, destruiu o sistema político brasileiro, persegue a maior liderança popular da história do Brasil, e agora volta para a casa, os Estados Unidos, onde será muito bem recompensado."


Damous também comentou a disparada na rejeição a Moro e diz que a população percebeu que ele "usou a justiça para fazer perseguição político-partidária". Ele lembra ainda que o Rio de Janeiro, sob intervenção militar, foi o estado mais atingido pela destruição de empresas brasileiras promovida pela Lava Jato.

FONTE: BRASIL 247
tags:
• MORO
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados