Quarta, 18 de julho de 201818/7/2018
(94) 99153-9530
Parcialmente nublado
18º
32º
33º
Xinguara - PA
dólar R$ 3,80
euro R$ 4,46
Auto Posto Conquista
GERAL
No Pará, rodovias seguem bloqueadas neste sexto dia de greve dos caminhoneiros
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou neste sábado (26) nove pontos de interdição. Além da região metropolitana de Belém, protestos atingem o nordeste e o sudeste do Pará.
Moraes Filho Xinguara - PA
Postada em 26/05/2018 ás 19h26 - atualizada em 26/05/2018 ás 19h39
No Pará, rodovias seguem bloqueadas neste sexto dia de greve dos caminhoneiros

Apesar de algumas vias terem sido liberadas no Pará na sexta-feira (26), a manifestação segue no estado. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou neste sábado (26), nove pontos de interdição. Além da região metropolitana de Belém, protestos atingem o nordeste e o sudeste do Pará. Manifestações chegam ao sexto dia e afetam o abastecimento de supermercados, postos de combustíveis e outros serviços essenciais.


No Pará, seguem bloqueados o km 248 da BR-155, em Eldorado dos Carajás; km 25 e 27 na BR-316, em Benevides; o km 128 da BR-230, em Marabá; o km 340 da BR-155, também em Marabá; o km 150 da BR-316, em Capanema; o km 274 da BR-010, em Mãe do Rio; o km 202 da BR-316, em Santa Luzia; e o km 778 da BR-158, em Santana do Araguaia. Os caminhoneiros só deixam passar carros pequenos, ambulâncias e veículos com produtos perecíveis.


Desde a última sexta-feira (18), quando a Petrobras anunciou mais uma alta do valor nas refinarias, a categoria começou a mobilização em vários estados do país. Na semana passada, foram cinco reajustes diários seguidos. As paralisações começaram na segunda-feira (24).


Veja os principais reflexos da paralisação no estado:


Com seis dias de paralisação de caminhoneiros no Brasil, o número de serviços atingidos aumentou. Os impactos já atingiram o abastecimento de supermercados, a produção de agricultores, o funcionamento dos Correios, de um aeroporto e até de uma prefeitura do interior do Estado.


Combustível


Serviço deve ser normalizado nesse sábado, 26 (Foto: Jorge Sauma/G1 Pará) Serviço deve ser normalizado nesse sábado, 26 (Foto: Jorge Sauma/G1 Pará)



Serviço deve ser normalizado nesse sábado, 26 (Foto: Jorge Sauma/G1 Pará)


Em Belém, durante a manhã deste sábado (26), a maioria dos postos de gasolina amanheceu sem gasolina. O sindicato, no entanto, não sabe precisar quantos postos, do total de 280 que são associados em Belém e área metropolitana, estão zerados. Em nota, o Sindicombustíveis disse que não há falta de combustíveis em Belém, porém, com a interdição do Porto de Miramar, os postos estavam impedidos de reabastecer seus estoques. Na noite de sexta-feira (25) motoristas de aplicativos e taxistas desbloquearam a entrada do Porto Miramar, na rodovia Arthur Bernardes, em Belém, na noite desta sexta-feira (25), após determinação da Justiça. O abastecimento deve normalizar neste sábado.


Supermercados


Supermercado na BR-316 amanhece sem produtos, na  região metropolitana de Belém. (Foto: Arquivo Pessoal / Márcia Lima) Supermercado na BR-316 amanhece sem produtos, na  região metropolitana de Belém. (Foto: Arquivo Pessoal / Márcia Lima)



Supermercado na BR-316 amanhece sem produtos, na região metropolitana de Belém. (Foto: Arquivo Pessoal / Márcia Lima)


Segundo a Associação Paraense de Supermercados (Aspas), abastecimento está prejudicado com relação aos perecíveis por conta do estoque que está baixo. Todo o resto de alimentos chamados de mercearia e produtos de higiene e limpeza os supermercados possuem estoques, inclusive com variedade de marcas. Com relação aos hortifruti, a produção regional, de agricultura familiar está abastecendo as lojas. Segunda associação esse abastecimento está sendo feito com ajuda de caminhonetes e picapes para entregar a produção.


Aeroportos



Aeroporto de Carajás, em Parauapebas (Foto: Divulgação) Aeroporto de Carajás, em Parauapebas (Foto: Divulgação)


O Aeroporto de Carajás, em Parauapebas, sudeste do Pará, continua com estoque zerado de combustível para avião devido os protestos dos caminhoneiros, afirma superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O aeroporto está fechado para voos e pousos e por conta disso os voos foram cancelados.


Em Belém, o abastecimento não afetou os aeroportos. A infraero informou que todos os voos estão operando dentro da normalidade. A Anac recomendou aos passageiros, com voos marcados para os próximos dias, que consultem as empresas aéreas antes de se deslocarem para os aeroportos.


Ônibus urbano


Por conta do retorno do abatecimento do combustível em Belém o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel) informou que a frota está circulando normalmente neste sábado (26). De acordo com o sindicato, as empresas informaram que vão teriam combustível para rodar apenas durante este final de semana, mas por conta do retorno do combustível a forta não será mais reduzida.


Correios suspendem postagens



As postagnes de encomendas com dia e hora marcados estão temporariamente suspensas (Foto: Reprodução/Tv Liberal) 


De acordo com os Correios, a paralisação tem gerado forte impacto às operações da empresa em todo o país. As postagnes de encomendas com dia e hora marcados estão temporariamente suspensas. Também haverá o acréscimo de dias no prazo de entrega de alguns serviços, bem como das correspondências enquanto perdurarem os efeitos desta greve.


Os Correios ainda informaram que assim que a situação do tráfego nas rodovias retorne à normalidade, a empresa reforçará os processos operacionais para minimizar os impactos à população.


Serviços da prefeitura


A Prefeitura de Belém informou que os serviços essenciais oferecidos pelos órgãos e secretarias municipais estão garantidos sem prejuízos à população até a próxima segunda-feira (28), em Belém e nos distritos de Outeiro, Mosqueiro e Icoaraci. Com relação à limpeza urbana, os veículos que realizam coleta de lixo domiciliar, de entulho, e equipamentos de roçagem e bombeamento para desobstrução de drenagem estão com autonomia de combustível para operar durante todo final de semana normalmente. Uma das empresas que realizam a coleta do lixo domiciliar garantiu reservas de combustível para realizar a coleta sem interrupção até quarta-feira (30).


Ceasa



Ceasa Belém (Foto: Reprodução / TV Liberal) Ceasa Belém (Foto: Reprodução / TV Liberal)


A Central de Abastecimento do Pará (Ceasa/PA) informou que registrou, de sexta (25) para o sábado (26) pra hoje, a entrada de apenas 11 caminhões no complexo. Três caminhões trouxeram produtos importados, como uva, manga, goiaba e tomate. As cargas vieram de São Paulo e Bahia.


Os outros oito caminhões chegaram com laranja, limão, maracujá, mamão, coco e folhagens de Capitão Poço, Igarapé-Açu, Santa Izabel, Terra Alta e Castanhal.

FONTE: G1 PARÁ
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados