Xinguara e mais três municípios do sul do Pará querem novo índice de repasse do ICMS em 2018

Pelo menos 4 municípios do Pará já impugnaram os índices provisórios para a repartição das receitas conjuntas com o estado, principalmente o ICMS, que irão vigorar no próximo ano. A informação é de Lúcio Flávio Pinto, em seu blog.

Imagem: Google

Imagem: Google

Os 4, de acordo com o jornalista, são Xinguara, Parauapebas, São Félix do Xingu e Tucumã.

Os municípios reivindicam a elevação da parte que lhes cabe alegando, em especial, que o cálculo do valor agregado pela atividade econômica foi subestimado pela Sefa, a Secretaria de Estado de Fazenda. A Sefa contesta. Mas, adianta Lúcio Flávio Pinto, já admitiu refazer os cálculos.

“Um dado é interessante. Embora seja o município com o maior rebanho bovino do país, São Félix do Xingu produz pouco leite. O valor agregado pelas empresas de lacticínio foi inferior a dois milhões de reais, enquanto o de Xinguara foi de quase R$ 12 milhões”,  afirma o jornalista santareno.

“São Félix quer ficar com a receita sobre a exploração do níquel, atribuída a Ourilândia do Norte, alegando que a jazida fica em seu território. A secretaria ficou de examinar a questão e apresentar novo parecer.”

Sobre Manancial

Sem Comentários

Insira um comentário para iniciar a conversa sobre este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*