Segunda, 21 de Setembro de 2020
Política EXPLICAÇÕES

Irã cobra Brasil sobre apoio ao terrorismo de Trump

O governo de Teerã cobrou explicações do Brasil depois que Jair Bolsonaro apoiou o assassinato de um general iraniano ordenado por Donald Trump;

06/01/2020 22h09 Atualizada há 8 meses
Por: Wesley Costa (substituto temporário)
Um dos maiores importadores de produtos agrícolas do Brasil, o Irã pode se afastar do país diante da submissão completa de Bolsonaro aos interesses de Trump. (Foto: PR)
Um dos maiores importadores de produtos agrícolas do Brasil, o Irã pode se afastar do país diante da submissão completa de Bolsonaro aos interesses de Trump. (Foto: PR)

O governo do Irã pediu explicações à diplomacia brasileira sobre o posicionamento do governo Jair Bolsonaro que manifestou apoio ao governo dos EUA na ação que matou o general iraniano Qassem Soleimani, comandante da Guarda Revolucionária do Irã. Soleimani foi atingido por um míssil americano.

"A conversa, cujo teor é reservado e não será comentado pelo Itamaraty, transcorreu com cordialidade, dentro da usual prática diplomática", informou o Ministério das Relações Exteriores ao comentar a reunião que aconteceu entre representantes do governo iraniano e do Brasil na embaixada brasileira em Teerã.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na sexta (3), o Itamaraty divulgou uma nota respaldando o assassinato do general iraniano pelos Estados Unidos. "Ao tomar conhecimento das ações conduzidas pelos EUA nos últimos dias no Iraque, o governo brasileiro manifesta seu apoio à luta contra o flagelo do terrorismo e reitera que essa luta requer a cooperação de toda a comunidade internacional sem que se busque qualquer justificativa ou relativização para o terrorismo", diz um trecho do comunicado.

BRASIL 247

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias