Sexta, 30 de Outubro de 2020
Geral ELEVAÇÃO DE PREÇO

Gás de cozinha vendido no Pará é o 7º mais caro do País

Mato Grosso foi onde se observou o maior preço médio, R$ 95,83.

08/02/2020 10h51
Por: Redação Integrada
Gás de cozinha vendido no Pará é o 7º mais caro do País

O preço médio do botijão de gás de cozinha de 13 kg, no Estado do Pará, foi de R$ 76,31 com os preços variando entre R$ 68 e R$ 100 em janeiro. No mês de dezembro de 2019 o produto foi comercializado ao custo médio de R$ 75,73 com os preços variando entre R$ 64 e R$ 95. A informação é do Dieese/PA com base em informações da ANP (Agência Nacional do Petróleo

De acordo com o levantamento, com a nova alta verificada em janeiro, o preço médio do botijão comercializado no Estado foi em média o sexto mais caro da Região Norte e o sétimo mais caro de todo o País. Entre os Estados brasileiros, Mato Grosso foi onde se observou o maior preço médio, R$ 95,83. Em seguida aparecem Roraima (R$ 85,55); Acre (R$ 83,38); Tocantins (R$ 82,51); Amapá (R$ 81,64); Rondônia (R$ 81,56); e Pará.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em Belém, o botijão de gás de cozinha ficou mais caro em relação a dezembro de 2019. O preço do produto foi comercializado em janeiro em média a R$ 69,73 com os preços oscilando entre R$ 68 e R$ 82. Em dezembro, o produto foi comercializado em média ao custo de R$ 69,65 com os preços variando entre R$ 64 e R$ 82.

INTERIOR

Entre os demais municípios paraenses, Paragominas foi o que em média comercializou o botijão de gás mais caro, custando R$ 94,30, seguido de Redenção (R$ 92); Xinguara (R$ 90,42); Altamira (R$ 87,74); Conceição do Araguaia (R$ 84,70) e Itaituba (R$ 83,524).

 

Fonte:Diário Online

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias