CONQUISTA GIF TOPO
FALECIMENTO

Xinguara: O último adeus ao radialista Wydson Carioca

Pai, marido, tio, avô e amigo exemplar, além de ser um dos maiores comunicadores do Rádio xinguarense

26/07/2020 22h42Atualizado há 2 semanas
Por: Moraes Filho
Fonte: BLOG DO JOÃO CARLOS
WYDSON CARIOCA
WYDSON CARIOCA

Em Xinguara, município localizado na Região do Araguaia Paraense, centenas de pessoas participaram do velório e do sepultamento do radialista e servidor público Francisco Wydson Sousa Silva, o Wydson Carioca. Ele morreu na manhã deste sábado (25), depois de sofrer um ataque cardíaco e ser levado às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) daquele município.

Na sexta-feira à noite, segundo informações recebidas pelo Blog, Carioca já havia passado pela UPA, com queixas de dor no abdômen, foi medicado e retornou para casa. Tornou a passar mal na manhã de ontem e voltou para a unidade de saúde, onde os médicos tentaram reanimá-lo, sem sucesso.

O clima é de absoluta consternação desde ontem em Xinguara e região. Políticos, autoridades, fãs, amigos e colegas da comunicação de todo o sul do Pará manifestaram perplexidade e tristeza através das redes sociais, desde o momento que a notícia se espalhou.

A Associação dos Comunicadores de Xinguara (Acix) emitiu nota de pesar pelo falecimento de seu afiliado, onde afirma que Wydson Carioca “cumpriu, com muita competência, sua função, sendo um dos maiores comunicadores que o rádio xinguarense já conheceu”. Assina a nota o presidente da Acix, jornalista Moraes Filho.

A Prefeitura de Xinguara publicou nota de pesar pelo falecimento do comunicador, em solidariedade aos amigos e familiares. A Prefeitura Municipal de Água Azul do Norte também manifestou pesar pela morte do radialista, lembrando que ele foi um dos pioneiros da comunicação em Xinguara e região. A nota de pesar de Água Azul, divulgada nas redes sociais, é assinada pelo prefeito Renan Lopes Souto (MDB) e pelo vice-prefeito Nemésio Ferreira de Oliveira, o Netinho (PSC).

Carioca tinha 51 anos de idade. Além de comunicador, era também servidor público, atuando há muitos anos como oficial do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) em Xinguara.

Francisco Wydson Sousa Silva adotou o nome artístico de Wydson Carioca ao ingressar no rádio, ainda na década de 90 do século 20. O rádio e o motociclismo eram suas paixões. Na tarde da última sexta-feira, apresentou pela última vez seu programa “Show da Tarde”, na Rádio Xinguara AM.

Momento durante o velório no Ginásio de Esportes de Xinguara, por onde passaram centenas de amigos desde às 16h de sábado

O sepultamento ocorreu nas primeiras horas da manhã deste domingo, no cemitério municipal de Xinguara, depois que Carioca recebeu as últimas homenagens de amigos e familiares, no ginásio de esportes da cidade, onde ocorreu o velório desde o fim da tarde de ontem.

Amigos do Xinguara Moto Clube, do qual Carioca era membro ativo, e a Polícia Militar fizeram homenagens na saída do cortejo e na chegada ao cemitério. Os membros do Xinguara Moto Clube acompanharam o cortejo em suas motocicletas, naquele que foi o último trajeto de Wydson Carioca com seus colegas de motociclismo (ASSISTA AOS VÍDEOS, AO FINAL DO TEXTO).

 

————————————————————

 

NOTA DO EDITOR:

 

Talvez esta tenha sido, em toda a minha longa trajetória no jornalismo sul-paraense, a matéria mais difícil que já redigi. Wydson Carioca era um amigo fraterno, desde a época em que cheguei ao Pará, no fim da década de 80 do século passado.

Meu colega na Rádio Xinguara, durante o curto período que por lá passei, no início dos anos 1990, dali nasceu uma amizade sincera que, mesmo com minha mudança da cidade, em 2004, só se fortaleceu no decorrer dos últimos anos.

Nos falávamos rotineiramente, por celular ou WhatsApp, comentando os mais variados assuntos, mas especialmente a política, tema sobre o qual Carioca gostava muito de falar. Apesar de aparentemente em campos opostos, no atual cenário político nacional, nosso debate era sempre muito respeitoso.

Nossa última conversa foi na manhã da última sexta-feira (24), pouco depois das 7h. Wydson queria comentar a redação de uma nota da última edição da coluna “Coisas da Política”, que havia sido publicada minutos antes no meu blog.

Ao final, desejei a ele um bom fim de semana e ele me respondeu com uma figurinha do saudoso Ayrton Senna, com as duas mãos em gesto de positivo. A propósito, me lembro que Senna também foi uma das grandes paixões da vida do meu amigo Carioca, assim como de milhões de brasileiros.

Quando nos encontrávamos nas minhas idas ou passagens por Xinguara, era sempre uma alegria. Com aquele sorriso enorme estampado no rosto, Wydson tinha sempre palavras que nos deixavam para cima, nos animavam a prosseguir. E é assim que vou me lembrar deste grande amigo que agora se foi: sempre sorridente e com o pensamento constantemente positivo.

Vá em paz, meu amigo Carioca!

 

 

VÍDEO FEITO PELA EQUIPE DA MOTO CLUBE

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Xinguara - PA Notícias de Xinguara - PA
-
Atualizado às 21h00
Máxima: - Mínima:

Sensação

km/h

Vento

%

Umidade

Fonte: Climatempo
ANIMED - MAIOR
CONQUISTA QUADRADO -POLÍTICA
Municípios
CONQUISTA/ ESPORTE
Últimas notícias
CARRO EDVALDO ENTRETENIMENTO
Mais lidas
Anúncio
Anúncio