Sábado, 05 de Dezembro de 2020
Geral EDUCAÇÃO

Referências da região Norte: cursos de Engenharia Civil e Engenharia Química da Unifesspa alcançam maiores notas no Enade 2019

Este resultado reflete o esforço da Instituição em oferecer à sociedade um ensino superior gratuito com muita qualidade.

22/10/2020 22h43
Por: Redação Integrada Fonte: Ascom/Unifesspa
Referências da região Norte: cursos de Engenharia Civil e Engenharia Química da Unifesspa alcançam maiores notas no Enade 2019

Os cursos de graduação em Engenharia Química e em Engenharia Civil da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará garantiram conceitos 4 (quatro) e 5, respectivamente, no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 (na avaliação que vai de 0 a 5). Com base nessa nota, os cursos despontam como os melhores entre todos da área ofertados por Instituições públicas e privadas da região Norte.

A divulgação dos dados foi feita nesta terça-feira (20), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e Ministério da Educação (MEC). O Enade tem como objetivo avaliar o desempenho dos estudantes concluintes dos cursos de graduação em relação a competências, habilidades e conhecimentos desenvolvidos ao longo do curso.

Para o Diretor da Faculdade de Engenharia Civil, prof. Alan Borges, o resultado alcançado pelo curso é fruto de intenso trabalho coletivo, com foco na excelência do ensino. “Ficamos muito felizes de o nosso curso ser o melhor avaliado na região. Isso é reflexo do trabalho e comprometimento de todos os professores, técnicos e alunos do curso, em especial da turma 2015, que realizou o exame”, disse.

Ainda de acordo com o professor, um dos aspectos mais valorizadas no curso é acolher o feedback dos discentes sobre o ensino ofertado. “Prezamos muito pelo diálogo com nossos estudantes e a percepção deles sobre as metodologias que estamos aplicando na sala de aula. Tudo isso são fatores que contribuíram para alcançarmos essa nota e estarmos entre os melhores cursos de Engenharia Civil do país”.

Em 2019, mais de 740 cursos de Engenharia Civil do país foram avaliados nesta edição do exame. Destes, apenas 54 (incluindo o da Unifesspa) atingiram o conceito 5. Este resultado reflete o esforço da Instituição em oferecer à sociedade um ensino superior gratuito com muita qualidade. 

Na graduação em Engenharia Química, todos os alunos que foram inscritos compareceram para realizar o exame, garantindo um bom desempenho na avaliação do curso. “Ficamos muito felizes com o desempenho dos alunos. Esse resultado é um somatório dos esforços de todos: alunos, professores e instituição”, afirmou o coordenador do curso, prof. Daniel Moreira Saturnino.

Dos 185 cursos de Engenharia Química avaliados em todo o país, apenas 12 conquistaram conceito máximo (5) no Enade 2019. Outros 36 atingiram nota quatro (4) e 134 obtiveram conceito igual ou inferior a três.

“Saber que o nosso curso teve a maior nota entre os demais da região, me deixa muito orgulhosa. Isso é o resultado da excelente equipe de professores que temos, qualificados e com domínio do conteúdo”, afirma Thalia Rodrigues, uma das estudantes que realizou o exame. Ela acredita que o curso vai evoluir e se destacar ainda mais.

Unifesspa como referência

Para o Pró-reitor de Ensino de Graduação, prof. Denilson Costa, os resultados alcançados pela Unifesspa no Enade 2019 são motivo de orgulho. “Mesmo sendo uma Universidade muito nova, com escassez de recursos e déficit de servidores, dois dos nossos seis cursos (Engenharia Civil e Engenharia Química) que participaram desta edição do exame tiveram os maiores conceitos da região norte do Brasil, superando instituições de maior tradição. Todos estão de parabéns”.

A avaliação positiva no Exame nacional mostra que a Unifesspa tem conseguido superar os desafios e se consolidar como um importante vetor de melhoria das condições de vida na região. “A Unifesspa fica feliz com os resultados. Claro que precisamos melhorar essa relação de apropriação do Enade como um indicador importante, e vamos buscar organizar esforços para que consigamos nos preparar mais de perto junto aos cursos e sermos excelentes em outras áreas, como são agora Engenharia Civil e Engenharia Química”, afirma o reitor, prof. Francisco Ribeiro.

“Os cursos avaliados como excelentes despontam como referência na região, o que traz, por meio dos profissionais formados, resultados nos demais setores da sociedade, uma capacitação mais apurada dos profissionais em cada área. Essa é uma de nossas metas como Instituição”, conclui o reitor.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias