Quinta, 04 de Março de 2021 (94) 99153-9530
Saúde SITUAÇÃO GRAVE

Duas regiões do estado têm mais de 90% de ocupação de leitos de UTI

No Baixo Amazonas, ocupação de leitos clínicos já chegou a 100%, segundo dados da Sespa

21/01/2021 23h22
Por: Redação Integrada Fonte: Redação Integrada
A ocupação dos leitos tem crescido exponencialmente nas últimas semanas (Marco Santos / Agência Pará)
A ocupação dos leitos tem crescido exponencialmente nas últimas semanas (Marco Santos / Agência Pará)

A taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com a covid-19 na região do Xingu, sudoeste do estado, atingiu na tarde desta quinta-feira (21) 90% nas UTIs e 52% nos leitos clínicos, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

A região de Carajás apresentava ocupação de 97,44% dos 39 leitos de UTI ofertados e 95% dos 20 leitos clínicos disponibilizados. No Baixo Amazonas, era de 100% de ocupação dos 5 leitos clínicos ofertados e 75% dos 24 leitos de UTI.

No Nordeste do Pará, a ocupação de 35 leitos de UTI chegou, no final da tarde, a 88,57%. A de 123 leitos clínicos ofertados chegou a 33,33%.

A média de ocupação de leitos de UTI para covid-19 no Pará (todas as regiões) é de 65,03% e os clínicos, de 46,05%.

Até as 18 horas de quinta-feira (21), a distribuição de leitos para pacientes de covid-19 abrangeu: leitos clínicos - ocupação de 46.74% (237 disponíveis de total de 445 ofertados); clínicos pediátricos - ocupação de 86.67% (2 disponíveis de total de 15 ofertados); UTI Adulto - ocupação de 65.33% (104 disponíveis de total de 300 ofertados); UTI Pediátrica - ocupação de 36.84% (12 disponíveis de 19 ofertados); UTI Neonatal - ocupação de 66.67% (1 disponível de total de 3 ofertados).

Casos e óbitos

A Sespa informou nesta quinta-feira (21): "Confirmamos mais 228 novos casos e 08 óbitos cadastrados hoje e que ocorreram nos últimos sete dias. Em relação à subnotificação das prefeituras, confirmamos mais 1.829 casos e 4 óbitos ocorridos em dias anteriores". "Agora são 316.176 casos e 7.470 óbitos no Pará", acrescenta. O Pará tem 295.421 pacientes recuperados; 1.910 casos em análise e 49.270 descartados e a taxa de letalidade do Estado é de 2,36%.

Os óbitos nos últimos sete dias, confirmados nesta quinta, são de 6 pessoas idosas e 2 adultos - Belém (5), Oriximiná (1) e Santarém (2). As mortes cadastradas nesta quarta, em período anterior aos sete últimos dias, deram-se nos primeiros 11 dias de janeiro de 2011, em Belém (2) e Santarém (2).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias