Sábado, 17 de Abril de 2021 (94) 99153-9530
Política CRÍTICA

Wadih Damous: "general Etchegoyen, por não saber nada de guerra, acha que sabe alguma coisa de direito"

"Suas ameaças não amedrontam ninguém. General, vá se ocupar e pare de falar besteira", afirmou o ex-deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), após o general Sérgio Etchegoyen manifestar posição contrária à decisão do STF que reconheceu a parcialidade de Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula

28/03/2021 12h04 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Integrada Fonte: BRASIL 247
Wadih Damous e general Sérgio Etchegoyen (Foto: ABR)
Wadih Damous e general Sérgio Etchegoyen (Foto: ABR)

O ex-deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) criticou o posicionamento do general Sérgio Etchegoyen, contrário ao fato de Sérgio Moro ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por causa de sua parcialidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

"O general Etchegoyen, por não saber nada de guerra, acha que sabe alguma coisa de direito. Sabe nada. A falta do que fazer, resolveu hostilizar o Supremo Tribunal Federal. O motivo? O de sempre: Lula. Suas ameaças não amedrontam ninguém. General, vá se ocupar e pare de falar besteira", escreveu o ex-parlamentar no Twitter.

Em nota divulgada nesse sábado (27), o grupo Prerrogativas, que reúne juristas e advogados, rechaçou o artigo publicado pelo general Etchegoyen.

"Na verdade, essas decisões restauram a segurança jurídica, ao fazer predominar os predicados do juiz natural e da imparcialidade judicial".

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias