Sábado, 17 de Abril de 2021 (94) 99153-9530
Política RELAÇÕES EXTERIORES

Prestes a cair, Ernesto Araújo ataca a senadora Kátia Abreu

Pior diplomata do mundo, Ernesto Araújo, que sabotou a compra de vacinas, decidiu atacar a senadora Kátia Abreu (PP-TO) antes de deixar o comando do Itamaraty

28/03/2021 23h56 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Integrada Fonte: BRASIL 247
Ernesto Araújo (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Ernesto Araújo (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Em meio ao repúdio de sua atuação e pedidos para que deixe o cargo , o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, tirou a tarde de domingo (28) para fazer desabafos no Twitter em tom de despedida.

Em uma série de tuítes em sua página, Ernesto Araújo agradeceu a todas as pessoas que manifestam apoio a ele e ao trabalho que vem desempenhado na pasta.

“Agradeço a todos os que têm manifestado apoio a mim e ao meu trabalho”, diz Araújo citando uma estrofe do Hino da Independência.

Depois tentou justificar as críticas afirmando que, em encontro com a senadora Kátia Abreu (PP-TO), a parlamentar teria falado sobre as negociações em torno do 5G, e não a respeito das dificuldades diplomáticas enfrentadas com a China e a Índia para a importação dos insumos necessários à produção das vacinas contra Covid-19 no Brasil.

"Em 4/3 recebi a Senadora Kátia Abreu para almoçar no MRE. Conversa cortês. Pouco ou nada falou de vacinas. No final, à mesa, disse: “Ministro, se o senhor fizer um gesto em relação ao 5G, será o rei do Senado.” Não fiz gesto algum", escreveu.

Em seguida disse que desconsiderou a sugestão "porque o tema 5G depende do Ministério das Comunicações e do próprio Presidente da República, a quem compete a decisão última na matéria".

Na última quarta-feira (24), durante uma sessão do Senado, os parlamentares pressionaram Araújo a deixar imediatamente o cargo  diante da desastrosa condução do ministério para garantir imunizantes ao país. Parlamentares sustentam que o chanceler falhou ao lidar com as questões internacionais relativas ao enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias