Segunda, 14 de Junho de 2021 (94) 99153-9530
Esportes PARAZÃO

Paysandu derrota Tuna Luso por 4 a 1 e é campeão

Papão triunfa com três gols de Gabriel Barbosa

24/05/2021 10h00 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Integrada Fonte: Agência Brasil
John Wesley/Paysandu/Direitos Reservados
John Wesley/Paysandu/Direitos Reservados

Em uma partida emocionante, na qual brilhou a estrela do atacante Gabriel Barbosa, o Paysandu derrotou a Tuna Luso por 4 a 1, neste domingo (23) no estádio da Curuzu, em Belém, e conquistou o bicampeonato do Paraense.

A partida, transmitida ao vivo pela TV Brasil, foi de grande superação do time da casa, que perdeu a partida de ida por 4 a 2, mas que venceu graças à grande atuação do atacante Gabriel Barbosa, que marcou em três oportunidades. Com este caneco, o Paysandu chega ao total de 49 estaduais em sua história.

De volta a uma decisão estadual após 15 anos, e com o objetivo de sair de uma fila de 33 anos sem títulos paraenses, a Águia Guerreira abriu o placar cedo, dando a impressão de que não deixaria escapar a tão desejada conquista. Logo aos 4 minutos o juiz marcou pênalti, após o atacante Nicolas tocar a bola com a mão dentro da área. Paulo Rangel deslocou Victor Souza e fez.

Aos 14 minutos o Papão conseguiu responder, ao empatar em bela trama coletiva. Paulinho encontrou Marlon, que deixou Igor Goularte em condições de bater cruzado.

Mas, um pouco antes do intervalo, aconteceu um lance que mudou o rumo da partida. Neto cometeu falta em Marlon e foi expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Com um homem a mais, e precisando marcar gols para ficar com o título, no início da etapa final o técnico Itamar Schulle decidiu colocar homens de frente, entre eles Gabriel Barbosa, o Gabigol do Papão.

Dois minutos após sua entrada, aos 19, o atacante recebeu de Ari Moura e chutou para virar. Dez minutos depois, o goleiro da Tuna falhou na saída, Gabriel o driblou e chutou para o gol vazio e fez 3 a 1. Com este resultado, a decisão iria para a disputa de pênaltis.

Mas o faro de gol de Gabriel Barbosa estava calibrado, e, aos 34 minutos, o atacante recebeu na área, girou em cima de um defensor e marcou o gol do título Paraense.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias