Segunda, 14 de Junho de 2021 (94) 99153-9530
Política MANIFESTAÇÃO

Intelectuais, artistas e celebridades lançam pedido de impeachment de Bolsonaro; você pode assinar

Segundo a jornalista Mônica Bergamo informa em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo, o pedido de impeachment é baseado na condução “desastrosa” do governo federal no enfrentamento à pandemia.

24/05/2021 18h39
Por: Redação Integrada Fonte: BRASIL 247
 (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Personalidades como Xuxa Meneghel, Felipe Neto, Raduan Nassar, Júlio Lancellotti, Chico Cesar, Ailton Krenak e Walter Casagrande são alguns dos nomes que assinaram o pedido de impeachment de Jair Bolsonaro, que será entregue nesta segunda-feira (24) na Câmara dos Deputados

O movimento pelo impeachmente de Jair Bolsonaro  ganha cada vez mais adesão de figuras públicas. Nesta segunda-feira (24), será entregue na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment do movimento “vidas brasileiras”, assinado por personalidades como a apresentadora Xuxa Meneghel, o youtuber Felipe Neto, o escritor Raduan Nasser, o comentarista Walter Casagrande, o líder indígena Ailton Krenak, o cantor e compositor Chico Cesar e o padre Júlio Lancellotti. 

Assinam tabém o pedido a jornalista Cristina Serra, o apresentador Fábio Porchat, o psicólogo Hermes Fernandes, a médica Ligia Bahia, o físico Marcelo Gleiser e o professor Vanderson Rocha. 

O movimento é aberto a adesões. Você pode assinar o manifesto neste link. 

Segundo a jornalista Mônica Bergamo informa em sua coluna no jornal Folha de S.Paulo, o pedido de impeachment é baseado na condução “desastrosa” do governo federal no enfrentamento à pandemia. 

Rejeição aumenta 

A rejeição a Bolsonaro também é vista nas pesquisas. Um levantamento feito pelo Instituto Vox Populi, divulgado nesta sexta-feira (21), apontou que 72% dos brasileiros estão insatisfeitos com o governo, um aumento de dois pontos percentuais a comparação com a pesquisa anterior, de abril de 2019. 

Os satisfeitos somaram 27%, queda de dois pontos percentuais. Os que não responderam ou não souberam somaram 1% (eram 2% nas estatísticas anteriores).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias