Segunda, 14 de Junho de 2021 (94) 99153-9530
Mundo Cristão GOSPEL

Igreja de Valdemiro Santiago vai ter bens leiloados pela Justiça para pagar dívida

No início do ano, em outro processo por dívida, a Justiça quebrou o sigilo bancário de Valdemiro Santiago a fim de investigar se havia confusão entre o patrimônio da igreja e o do apóstolo.

07/06/2021 18h38 Atualizada há 2 dias
Por: Redação Integrada Fonte: MSN e Folha de S. Paulo/FOLHA GOSPEL
Valdemiro Santiago, líder e fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus
Valdemiro Santiago, líder e fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus

A Justiça de São Paulo vai leiloar os bens da Igreja Mundial do Poder de Deus, do apóstolo Valdemiro Santiago, para pagar uma dívida de R$ 39 mil em aluguéis. As informações são da Folha de S. Paulo.

A igreja alugou um imóvel em Guarulhos (SP) em maio de 2017 para a família de um pastor. No entanto, em dezembro do mesmo ano, a igreja deixou de fazer os pagamentos. A família do pastor permaneceu no imóvel até novembro de 2020, após sofrer um despejo.

O imóvel tinha uma dívida total de R$ 109 mil, mas R$ 70 mil foram pagos pela penhora das contas bancárias da Igreja Mundial. O valor restante será pago com um leilão de painéis LED da instituição religiosa, cujo valor é de cerca de R$1, 2 milhão.

A Igreja Mundial tentou adiar o pagamento da dívida, com a alegação de ter diminuído o valor de dízimos, por causa da pandemia da Covid-19.

“Ante o fato de estarmos enfrentando uma crise de magnitude jamais vista, o Poder Judiciário deve adotar medidas a fim de amenizar o impacto e garantir o funcionamento das empresas, ainda que sejam devedoras, e a manutenção dos empregos”, afirmou a Mundial.

O proprietário do imóvel, que disse estar passando por dificuldades financeiras, respondeu que a ação era de 2018, quando não se falava em pandemia. “É um total desrespeito”, afirmou à Justiça.

Uma das maiores igrejas evangélicas do país, a Mundial diz ter 6.000 templos em diversos países.

No início do ano, em outro processo por dívida, a Justiça quebrou o sigilo bancário de Valdemiro Santiago a fim de investigar se havia confusão entre o patrimônio da igreja e o do apóstolo.

Assim que houve a decisão judicial, a igreja pagou a dívida às pressas, e a quebra do sigilo foi revogada.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias