Terça, 27 de Julho de 2021 (94) 99153-9530
Saúde VACINAÇÃO

Governo envia aos estados e DF mais de 7,6 milhões de doses da AstraZeneca/Fiocruz

Lote é destinado para a segunda dose, com o objetivo de completar os esquemas vacinais de grupos prioritários

21/06/2021 15h04
Por: Redação Integrada Fonte: GOVERNO FEDERAL
Brasil recebeu, nesse domingo (20), mais um lote de vacinas covid-19 pelo consórcio Covax Facility - Foto: Ministério da Saúde
Brasil recebeu, nesse domingo (20), mais um lote de vacinas covid-19 pelo consórcio Covax Facility - Foto: Ministério da Saúde

Estados e Distrito Federal estão recebendo mais um lote de vacinas covid-19. O Ministério da Saúde entregará 7,6 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com matéria-prima importada. A distribuição começou nesse domingo (20) e está prevista para ser concluída nesta segunda-feira (21).

Com o objetivo de completar os esquemas vacinais já iniciados, o imunizante é destinado para a segunda dose de idosos entre 60 e 64 anos, trabalhadores da Saúde e agentes das forças de segurança e salvamento e Forças Armadas que atuam na linha de frente da crise sanitária.

A estratégia de distribuição é definida em reuniões entre União, estados e municípios, observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios. O objetivo é garantir a cobertura do esquema vacinal no tempo recomendado de cada imunizante: no caso da vacina da Fiocruz, o intervalo é de 12 semanas.

Desde janeiro, o Ministério da Saúde já destinou a todas as Unidades Federativas mais de 123 milhões de doses de imunizantes contratados. Até o momento, mais de 86 milhões foram aplicadas.

Covax Facility

O Ministério da Saúde recebeu, nesse domingo (20), mais um lote de vacinas covid-19 pelo consórcio Covax Facility. No total, 842,4 mil doses da Pfizer/BioNTech desembarcaram no Aeroporto de Viracopos (SP), cumprindo a previsão de chegada dessa remessa para junho.

Esse é o primeiro lote da farmacêutica que desembarcou no país oriundo da aliança liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e outros parceiros. O contrato do Brasil com a Covax prevê 42,5 milhões de doses de vacinas covid-19 de diferentes laboratórios até o fim de 2021.

Até então, o Brasil havia recebido lotes via Covax Facility da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzidos na Coreia do Sul e adquiridas por meio do Fundo Rotatório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Todas as mais de 5 milhões de doses já foram distribuídas aos estados e Distrito Federal. Ainda está prevista a entrega de mais 4 milhões de doses do mesmo laboratório até julho.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias