Quinta, 23 de Setembro de 2021
°

-

Política GREVE SANITÁRIA

Professores suspendem aulas presenciais no Pará

Servidores cobram a tomada da 2ª dose da vacina e a implementação de um protocolo sanitário nas escolas para receber alunos e professores.

04/08/2021 às 14h20 Atualizada em 04/08/2021 às 14h45
Por: Redação Integrada Fonte: ROMA NEWS
Compartilhe:
Crédito: Marcelo Seabra
Crédito: Marcelo Seabra

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) realizou uma, uma assembleia geral,  na manhã desta quarta-feira (4), e os trabalhadores da Rede Estadual de Ensino decidiram suspender as aulas presenciais e continuar com as aulas remotas (não presenciais) por falta da imunização completa da categoria.

O governador Helder Barbalho (MDB) ordenou o retorno das aulas presenciais no Estado do Pará, na última segunda-feira (2), de forma escalonada. No entanto, houve baixa adesão dos estudantes e um aumento no número de atestado médico, solicitando para o professor continuar o trabalho em home office até a tomada da 2ª dose da vacina.

Helder tomou a decisão de retornar as aulas presenciais com base na queda no número de casos da covid-19 no Pará, porém ainda estão ocorrendo vários óbitos. O Pará é o 2º estado da federação que menos vacinou a população. Além disso, nada de higienização foi feito nos prédios escolares para receber alunos e servidores.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias