Quinta, 02 de Dezembro de 2021
°

-

Política SANEAMENTO

Deputados aprovam empréstimo de US$ 100 milhões para obras de saneamento no Pará

Para Chicão, presidente da Alepa, o projeto é muito significativo por tratar sobre água

20/10/2021 às 07h32
Por: Redação Integrada Fonte: Com informações da Alepa
Compartilhe:
Crédito: Balthazar Costa/Alepa
Crédito: Balthazar Costa/Alepa

Nesta terça-feira, 19, os deputados estaduais aprovaram por maioria o projeto do executivo estadual autorizando o Governo do Estado a contrair operação de crédito externo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID, em nome do Estado, até o valor equivalente a US$ 100.000.000,00 (cem milhões de dólares dos Estados Unidos). Valor este que será destinados à execução de programa de investimento na área de saneamento no Pará, com garantia da União. Votaram contra apenas os deputados Tony Cunha (PTB) e Caveira (PR).

De acordo com o presidente da Alepa, deputado Francisco Melo, o Chicão (MDB), o projeto agora será encaminhado ao executivo estadual para sancioná-lo, e posteriormente possa receber o aval da União com a referida aprovação no Senado Federal. "Medida necessária por ser um empréstimo internacional", disse.

Para Chicão, o projeto é muito significativo por tratar sobre água. "Se falar de água é falar de saúde e saúde da população, principalmente de famílias mais necessitadas vivendo em situação paupérrima, para podermos melhorar o índice da qualidade de vida destas pessoas", considerou.

Os recursos, conforme mensagem enviada aos parlamentares, serão utilizados em obras de abastecimento e saneamento e devem beneficiar cerca de 1,5 milhão de pessoas na Região Metropolitana de Belém (RMB) em intervenções a serem operadas nos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba, segundo a área de abrangência do projeto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias