Quinta, 02 de Dezembro de 2021
°

-

Mundo Cristão CASA DE ORAÇÃO

Igreja montada é transportada de uma ilha para outra em reboque, pelo rio

Esse tipo de transporte também costuma ocorrer na região oeste do Pará

25/10/2021 às 00h58
Por: Redação Integrada Fonte: Blog Ver o Fato
Compartilhe:
Igreja sendo transportada pelo Rio Limão, no Município de Breves, na Ilha do Marajó, no Pará. O jeito inventivo de quem mora na Amazônia
Igreja sendo transportada pelo Rio Limão, no Município de Breves, na Ilha do Marajó, no Pará. O jeito inventivo de quem mora na Amazônia

Uma cena aparentemente comum para alguns moradores dos municípios do arquipélago do Marajó, está chamando atenção nas redes sociais de quem é da capital: uma grande estrutura sendo transportada de uma ilha para outra, pelo rio. É que devido ao grande aumento no número de fiéis, lideranças da Igreja Adventista do Limão decidiram mudar a congregação de endereço, no município de Breves.

No contexto de mudança de endereço, em Belém pensamos nos caminhões de frete fazendo o transporte dos pertences de um lugar para outro. Mas na região do Marajó, aconteceu de maneira diferente: a Igreja Adventista foi arrastada por um reboque em pleno Rio Limão, de uma ilha até outra. O transporte ocorreu na última quarta-feira, 20, sendo embalado ao som de muitos louvores a Deus, por membros da igreja.

Segundo informações, o profissional responsável pelo transporte da Igreja tem grande experiência no assunto e já realizou mais de 26 mudanças de casas de madeira pelos rios marajoaras. Ele pode ostentar mais um transporte concluído com sucesso, pois agora a Igreja Adventista do Limão já tem um novo endereço, dando mais uma prova da inteligência empírica do povo amazônida.

Esse tipo de transporte também costuma ocorrer na região oeste do Pará, bem como em alguns locais do Amazonas e do Acre, onde uma residência é construída em um local e depois seu dono escolhe onde ela irá permanecer.

Com informações  de Ribamar Diniz, via Rede Sociais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias