Quinta, 02 de Dezembro de 2021
°

-

Geral INVESTIGAÇÃO

PF prende 12 pessoas em operação contra extração e comércio ilegal de ouro no sul do Pará

Caso confirmada a apuração, os acusados responderão pelo crime de usurpação de bens da união.

27/10/2021 às 08h11 Atualizada em 27/10/2021 às 08h27
Por: Redação Integrada Fonte: Portal Roma News Com informações da Ascom PF.
Compartilhe:
Crédito: Reprodução/Ascom PF
Crédito: Reprodução/Ascom PF

A Polícia Federal (PF) realizou ação contra uma organização criminosa especializada em extração e comércio ilegal de ouro, na Terra Indígena KAYAPÓ, sul do Pará, na manhã desta quarta-feira, 27. De acordo com a PF, na “Operação Terra Desolata”, cerca de 200 Policiais Federais estão cumprindo 62 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão preventiva expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal da SJPA.

Além disso, a Justiça Federal ordenou o bloqueio e indisponibilidade de valores em mais R$ 470 mil nas contas dos suspeitos.

Continue lendo sobre o assunto: Justiça bloqueia R$ 470 milhões de investigados | Pará | G1

As investigações iniciaram no ano passado e apontaram que a três maneiras de ação. Segundo a Polícia, o primeiro nível refere-se aos garimpeiros que extraem o ouro, sem permissão e vendem o ouro para os intermediários. Estes, por sua vez, revendem o ouro para grandes empresas, que estão no terceiro nível, para no fim injetá-lo no mercado nacional, ou, então, destiná-lo para exportação.

Caso confirmada a apuração, os acusados responderão pelo crime de usurpação de bens da união.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias