Quinta, 02 de Dezembro de 2021
°

-

Política APÓS FALHA EM SISTEM

PSDB garante que deve concluir prévias e escolha do candidato à presidente até o próximo domingo, 28

Mais de 44,7 mil pessoas estavam cadastradas e aptas para votar nas prévias.

23/11/2021 às 08h00
Por: Redação Integrada Fonte: Com informações do G1
Compartilhe:
Crédito: Divulgação/PSDB
Crédito: Divulgação/PSDB

Na noite da última segunda-feira, 22, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) divulgou uma nota garantindo que concluirá as prévias para escolha do candidato do partido a presidente da República até o próximo domingo, dia 28. Os candidatos à vaga de representante do partidopara disputar o pleito de 2022 são os governadores Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP) e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgilio (AM).

No documento, a legenda destaca que a decisão de definir uma nova data para a conclusão das prévias foi uma decisão conjunta entre a direção da legenda e os pré-candidatos, citando também que aguarda a manifestação da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, contratada para a elaboração do aplicativo. A nota informa que "Se, até esta terça-feira, ela não oferecer garantias concretas de viabilidade e robustez da solução contratada, o PSDB adotará tecnologia privada para concluir o processo de prévias. Em qualquer alternativa, a integridade do processo eleitoral será rigorosamente observada", diz.

O presidente do partido, ex-deputado Bruno Araújo, também revelou que técnicos vão realizar testes nesta terça-feira, 23, para verificar alternativas tecnológicas para a votação. Ele destaca que até as 12h, o partido aguardará um posicionamento da fundação responsável pelo aplicativo utilizado no último domingo, mas garante que "todos os votos registrados desde a abertura da votação neste domingo estão válidos e serão computados", diz.

Entenda o caso

No último domingo, 21, o partido tentou realizar a votação para prévias por meio de um aplicativo eletrônico de votação, no entanto, problemas técnicos impediram que a maioria dos filiados votasse. Inicialmente, o dia 28 de novembro seria destinado para um possível segundo turno.

Mais de 44,7 mil pessoas estavam cadastradas e aptas para votar nas prévias. O partido também chegou a prever que 700 mandatários (entre governadores, deputados, senadores e outros) votassem presencialmente, em urnas instaladas em um centro de convenções em Brasília, e que os demais votos fossem dados por meio do aplicativo. No entanto, a iniciativa de adiar os resultados não agradou a todos.

Eduardo Leite contestou a nota do partido, que considera "equivocada", alegando que "Estamos diante de situação totalmente nova. Queríamos que se concluísse processo até amanhã (terça-feira, 23) no fim do dia. Agora, não só não vai se concluir como está se querendo mudança da empresa. Pode gerar muitos questionamentos", afirmou. Já os outros dois pré-candidatos, João Doria e Arthur Virgilio, apoiam a solução anunciada por Bruno Araújo.

Até o momento, ainda não foi divulgado o motivo responsável instabilidade no aplicativo, mas os usuários continuam reclamando de falhas na plataforma.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias