Quarta, 19 de Janeiro de 2022
°

-

Geral SEM LÁGRIMAS

Filhos fazem velório com chope e churrasco para o pai: ‘Não queria ninguém chorando’

Joaquim Rosa foi morto, a facadas, no sábado (27), Coronel Freitas, no oeste de Santa Catarina

03/12/2021 às 08h32 Atualizada em 03/12/2021 às 09h09
Por: Redação Integrada Fonte: Notisul.com.br
Compartilhe:
Velório de Joaquim Rosa - Crédito: Reprodução
Velório de Joaquim Rosa - Crédito: Reprodução

CORONEL FREITAS, SANTA CATARINA – Um velório inusitado chamou a atenção dos moradores da cidade de Coronel Freitas, no oeste de Santa Catarina. A despedida de Joaquim Silva da Rosa, 60 anos, teve chope, churrasco e música. De acordo com a família, esse era um desejo do idoso, sepultado no domingo (28), vítima de arma branca.

Segundo o filho Paulo Rosa, o idoso sempre falou que no seu velório não queria ninguém chorando, era só para comer carne, dá risada e tomar cerveja ou choppe e que se fizesse festa durante o momento fúnebre. A iniciativa foi aprovada pelos três filhos de Joaquim. De acordo com Paulo, o pai sempre gostou de festa e era conhecido pelos moradores de Coronel Freitas pela alegria e descontração.

“O meu pai sempre gostou de bebedeira. Todo mundo conhecia ele, era querido por todos”, comenta o filho. Ao checar ao local do velório, alguns convidados estranharam a situação, mas todos eram recebidos com um copo de chope. Patrícia Aschidamini, gerente da funerária, onde o velório foi realizado, contou que em 50 anos de funcionamento, esse foi o pedido mais incomum. A despedida durou 24 horas.

“Primeira vez que fazemos um velório diferente assim. A gente ficou [chocado] com o pedido, mas fizemos porque era o último desejo dele — conta Aschidamini.

Crédito: Reprodução

Morte é investigada

De acordo com a Polícia Militar, Joaquim Rosa estava sentando em um trailer, onde vendia lanches, um indivíduo, 38 anos, chegou ao local, desferiu cerca de cinco facadas na vítima e fugiu do local do crime. O indivíduo não foi preso e a motivação para o crime, segundo a PM, não ficou clara, porém as investigações seguem em andamento para se chegar ao criminoso.

A Polícia Civil investiga o caso. Vítima e assassino tiveram um forte “bate boca” no dia anterior ao esfaqueamento de Joaquim Rosa. A notícia do velório inusitado dominou as redes sociais em Santa Catarina. Apesar da tristeza do assassinato do pai, os filhos realizaram o desejo do idoso.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias