Quarta, 19 de Janeiro de 2022
°

-

Geral QUESTIONAMENTO

Ministério da Saúde reduz intervalo para doses de reforços contra covid-19

O objetivo da redução do intervalo no ciclo vacinal é aumentar a proteção da população contra Ômicron

21/12/2021 às 07h44
Por: Redação Integrada Fonte: (Eva Fernandes, com informações G1)
Compartilhe:
Foto: Daniel Castellano / SMCS
Foto: Daniel Castellano / SMCS

O Governo Federal informou, nesta segunda-feira (20), por meio de nota técnica, a alteração na recomendação referente às doses de reforço da vacina contra covid-19. A recomendação estabelece redução do prazo mínimo da aplicação do reforço vacinal em pessoas com idades entre 18 e 60 anos.

Segundo a nota técnica divulgada pelo Ministério da Saúde, o novo prazo para aplicação da segunda dose é de quatro meses a partir da aplicação da segunda dose. O objetivo da redução do intervalo no ciclo vacinal é aumentar a proteção da população contra a variante Ômicron.

A nota anunciou ainda que também terá novo reforço para pacientes imunossuprimidos. Esse público vai tomar a quarta dose da vacina. “Uma dose de reforço da vacina COVID-19 para todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses” diz a nota.

De acordo o documento, são considerados pacientes imunocomprometidos:

Os portadores de imunodeficiência primária grave;

Quem está fazendo quimioterapia para câncer;

Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras;

Pessoas vivendo com HIV/AIDS;

Pacientes em uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias;

Pessoas que usam drogas modificadoras da resposta;

Pacientes com condições auto inflamatórias e doenças intestinais inflamatórias;

Pacientes em hemodiálise;

Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias