Sábado, 28 de Maio de 2022
Geral SURPREENDENTE

Moradores de Goiás relatam estrondo e tremor após passagem de 'bola de fogo'

Fenômeno foi observado na noite deste sábado (9) em várias cidades do estado

11/04/2022 às 09h13 Atualizada em 11/04/2022 às 09h28
Por: Redação Integrada Fonte: Folha 5
Compartilhe:
Moradores de Goiás flagraram a passagem de uma bola de fogo em várias cidades - Reprodução
Moradores de Goiás flagraram a passagem de uma bola de fogo em várias cidades - Reprodução

Moradora de Goiânia (GO), a dentista Gabriele Cerqueira estava deitada em sua cama, em frente à janela, quando viu uma bola de fogo cruzar o céu da cidade às 22h15 deste sábado (9). "Foi lindo", ela disse à Folha. "Sai gritando: vi um meteoro!".

Após ligar para a mãe para contar o fato, a dentista entrou nas redes sociais e constatou que outros moradores de Goiânia também testemunharam o fenômeno. Ela leu relatos de pessoas que ouviram um estrondo em outro bairro da cidade, o Parque Amazônia, e também nas proximidades de um supermercado na região da casa dela.

Além de Goiânia, moradores de Anápolis, Aparecida de Goiânia, Niquelândia, Senador Canedo, São Luís de Montes Belos e Trindade também viram o clarão no céu e ouviram o estrondo. Alguns relataram que a explosão da bola de fogo fez janelas e portas tremerem.

"Aqui em Anápolis vimos o clarão, ouvimos o barulho e sentimos o tremor", disse uma moradora da cidade localizada a 59 km da capital de Goiás. "Foi uma mistura de cores, o azul era muito forte. Meu quarto ficou claro", disse outra.

Em janeiro deste ano, câmeras de segurança flagraram um meteoro cruzando o céu em cidades de Goiás, como Catalão e Goianira.

Segundo a Bramon (Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros), em novembro de 2020 pessoas que gravavam o show de luzes durante a apresentação do DJ Alok em Goiânia registraram a passagem de um meteoro pela atmosfera.

OUTROS RELATOS

Na terça-feira (5), um meteoro apareceu no céu e se desintegrou a cerca de 40 km de altitude em Porto Alegre (RS). O registro foi feito às 20h47 pelo Observatório Espacial Heller & Jung, do pesquisador Carlos Jung, que coordena o curso de engenharia de produção da Faccat (Faculdades Integradas de Taquara), no Rio Grande do Sul.

O meteoro era do tipo "fireball" (bola de fogo, em português), tipo de fragmento espacial caracterizado pelo brilho intenso e extinção natural sem que toque no solo. O bólido, meteoro similar, explode no fim de sua trajetória.

Em janeiro, moradores de várias cidades do interior de Minas e de São Paulo registraram a queda de um meteoro. Além das imagens, uma explosão também foi ouvida em alguns lugares. O meteoro foi visto em cidades como como Patos de Minas, Perdizes, Santa Juliana, Iraí de Minas e Uberlândia.

Segundo o professor Carlos Alberto Palhares, do Observatório Zenite de Monte Carmelo (MG), o fenômeno pôde ser visto também na cidade. "Foi brutal, foi enorme", disse ele, que afirmou não ser algo que se vê todo dia, mas que acontece com certa frequência.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias