Sábado, 28 de Maio de 2022
Cidades POLÍCIA

Polícia prende acusado de jogar gasolina e atear fogo em ‘ex’, em Paragominas

Polícia Militar de Tucuruí cumpriu mandado de prisão em desfavor de José Edivan Bento da Silva. O homem é acusado de crime de feminicídio contra a ex-esposa

09/05/2022 às 22h55 Atualizada em 09/05/2022 às 23h09
Por: Redação Integrada Fonte: (Portal Debate, com Portal da Cidade Tucurui)
Compartilhe:
José Silva - Crédito: Reprodução
José Silva - Crédito: Reprodução

Na última quinta-feira (5), José Edivan Bento da Silva foi preso, na cidade de Tucuruí, acusado de matar a ex-mulher Luciany Morais da Silva, 38 anos, no dia 7 de novembro de 2021, na Vila Piriá, em Paragominas, no nordeste do Pará.

José Silva estava morando na Travessa Chico Mendes, no Bairro Santa Mônica. Segundo a PM, uma equipe fez o reconhecimento da localização e identificação do acusado e outra cumpriu o mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário de Paragominas.

O indivíduo não aceitava o fim do relacionamento com a mulher Luciany Silva. O acusado aproveitou um descuido da vítima e jogou gasolina no corpo da ex-esposa e em seguida ateou fogo. A vítima chegou a ser encaminhada ao hospital, mas morreu em consequência da gravidade das queimaduras pelo corpo.

Luciany Silva – Crédito: Redes sociais

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias