Domingo, 26 de Junho de 2022
Geral VIOLÊNCIA

Polícia prende marido que arrancou olho de esposa por ciúmes

Crime aconteceu na cidade de Itororó, na terça-feira (10). Após a agressão, ela foi trancada na casa onde mora e só conseguiu ajuda médica na noite de quarta-feira (11).

17/05/2022 às 00h45
Por: Redação Integrada Fonte: Isto É
Compartilhe:
Polícia procura suspeito de agredir mulher em Itororó. — Foto: TV Santa Cruz
Polícia procura suspeito de agredir mulher em Itororó. — Foto: TV Santa Cruz

ITORORÓ, SUL DA BAHIA – A Polícia Civil prendeu, na quinta-feira (12) um homem acusado de agredir a companheira e arrancar com as mãos um dos olhos dela na noite de quarta-feira (11), em Itororó. De acordo com as autoridades, o indivíduo alegou que estava com ciúmes da vítima.

Durante depoimento, Carlos Fernandes, conhecido como “Nego”, relatou que descobriu uma traição, por isso entrou em luta corporal com a mulher e enfiou seus dedos em um dos olhos da vítima, arrancando-o. Em seguida, trancou a vítima em casa e fugiu do local do crime.

“Ele abandonou o veículo em uma estrada vicinal e, com isso, conseguimos encontrá-lo escondido dentro de um matagal”, detalhou o delegado Antônio Roberto Gomes Júnior. O preso foi encaminhado para a sede da Delegacia Territorial de Itororó, onde está custodiado à disposição da Justiça.

A vítima tem 43 anos e precisará passar por cirurgia para remoção do globo ocular. Além do olho, a mulher teve ferimentos na cabeça e no pescoço. Ela foi atendida no hospital municipal da região, mas precisou ser transferida para um hospital de Salvador para a realização do procedimento cirúrgico.

De acordo com a polícia, “Nego” responderá por lesão corporal gravíssima e cárcere privado. Além disso, foi solicitada uma medida protetiva de urgência para a mulher, que seguia hospitalizada nesta sexta-feira (13), em Salvador.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias