Domingo, 26 de Junho de 2022
Política PESQUISA ELEITORAL

PoderData: Lula herda 18% dos eleitores de Bolsonaro em 2018

Ex-presidente seria a preferência de 18% dos eleitores que votaram em Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2018, de acordo com a pesquisa feita pelo PoderData.

18/05/2022 às 09h30
Por: Redação Integrada Fonte: DOL
Compartilhe:
Pesquisa mostra que parte do eleitorado de Bolsonaro mudou de ideia de 2018 para 2022 | Reprodução
Pesquisa mostra que parte do eleitorado de Bolsonaro mudou de ideia de 2018 para 2022 | Reprodução

Acorrida eleitoral já começou e os pré-candidatos à presidência já se mobilizam para conquistar a preferência dos eleitores no pleito de 2022. Os institutos de pesquisa já começaram a avaliar e estimar os resultados da eleição deste ano.

A pesquisa PoderData, divulgada na segunda-feira (16), aponta que, ao menos, 18% dos eleitores que votaram em Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno da eleição de 2018 agora vão votar no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Veja também:

Partidos veem risco de Bolsonaro tentar golpe eleitoral

Pesquisa Ipespe aponta Lula com 44% e Bolsonaro com 32%

O atual presidente, por sua vez, conquistou 8% dos eleitores que votaram no candidato do PT nas eleições passadas, Fernando Haddad. Outros pré-candidatos também levam uma parte do eleitorado petista de 2018. Segundo a pesquisa, 4% agora querem votar em André Janones (Avante), 3% em Ciro Gomes (PDT), 1% em João Doria e também 1% em Leonardo Péricles (UP).

Já os eleitores que elegeram Bolsonaro em 2018 distribuíram seus votos em Ciro e Doria, com 4% cada, e Janones e Simone Tebet (MDB), com 2% cada, além de Lula.

O mesmo recorte mostra que os petistas conseguiram segurar uma fatia maior de seus eleitores, já que 77% dos que escolheram Haddad no segundo turno de 2018 agora pretendem eleger Lula neste ano. Bolsonaro manteve a confiança de 61% do eleitorado.

INTENÇÕES DE VOTO

No levantamento do PoderData, Lula permanece na liderança das intenções de voto para o primeiro turno, com 42%, dois pontos a mais que a pesquisa anterior, seguido de Bolsonaro, com 35%, que se manteve estável. Também pontuaram Ciro Gomes, com 5%, João Doria, com 4%, André Janones, que tem 3% e Simone Tebet, com 2% das intenções de voto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias